Olympique sonda Lucas Fernandes e pode render R$ 23 mi ao SP

O São Paulo vive um momento turbulento em suas finanças. Apesar da sondagem sobre Igor Gomes, ainda não há nenhuma proposta oficial formulada para o meia e o clube precisa negociar algum de seus jogadores para reforçar o caixa. A solução pode vir de Portugal. No Portimonense, Lucas Fernandes tem 50% dos seus direitos vínculos ao Tricolor paulista e recebeu duas sondagens de clubes franceses no mercado da bola.

De acordo com pessoas ligadas ao jogador, os franceses mostraram interesse pelo meia após observá-lo nas últimas partidas do Campeonato Português. O jogador de 22 anos fez um golaço na vitória por 1 a 0 do Portimonense sobre o Gil Vicente e teve atuações convincentes nos empates com o Benfica (por 2 a 2) e Santa Clara (1 a 1) e também no triunfo sobre o Marítimo (3 a 2).

O Olympique de Marseille, do técnico André Villas Boas, surge como o principal candidato neste momento. O clube já se mostrou disposto a desembolsar 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 45,9 milhões na cotação atual) pelo brasileiro. Desta maneira, o Tricolor paulista teria direito a R$ 22,9 milhões. O meia tem vínculo com o Portimonense até 2023, com multa rescisória de 40 milhões de euros (R$ 245,4 milhões).

Ainda há um outro time francês que já entrou na disputa pelo brasileiro. Os portugueses não estão dispostos a negociá-lo neste momento. Porém, caso uma proposta acima dos 15 milhões de euros pode mudar o pensamento do Portimonense.

Em agosto do ano passado, Lucas Fernandes foi vendido ao clube português por cerca de R$ 10 milhões. Porém, no acordo, ficou acertado que o Tricolor paulista continuaria com 50% dos direitos do atleta para futuras transações. Ou seja, quanto mais ele se valorizar no mercado da bola, mais o time do Morumbi pode receber em uma futura transferência.

Esta é a segunda passagem de Lucas Fernandes pelo Portimonense. Na primeira, ele já havia despertado o interesse de outras equipes, como o Porto. No mercado nacional, ele chegou a entrar na mira do Santos, que havia feito uma proposta de empréstimo com o valor fixado para compra. No entanto, o Tricolor paulista fez jogo duro e queria negociar o meia em definitivo,com a venda de ao menos 50% dos direitos para liberá-lo.

Lucas Fernandes era uma das apostas das categorias de base do São Paulo. O jogador foi muito bem avaliado pelos treinadores Edgardo Bauza e Rogério Ceni. Por causa de lesões, teve dificuldade para engatar uma boa sequência de partidas.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.