Lucas dá festa ‘a la Neymar’ com periguetes e chora em clima de despedida

Elas abusam do salto alto, da microssaia e não podem ver o flash de uma máquina fotográfica, especialmente se a festa for de um jogador de futebol famoso. O aniversário do meia Lucas, do São Paulo, foi assim, no estilo ‘Neymar’, repleto de periguetes e marias-chuteiras. Mas a comemoração também teve emoção com o choro do craque e um forte clima de despedida.

Lucas celebrou a chegada de seus 20 anos na noite desta terça-feira em uma balada paulistana com o que mais gosta: música e pessoas queridas. Não é à toa. Prestes a se mudar para a França, onde defenderá o Paris Saint-Germain, ele tem só mais quatro meses para aproveitar a família, os amigos e, claro, as mulheres.

O jogador não esconde sua preferência pelas brasileiras e admite que deixará algumas paqueras de coração partido. “Mulher brasileira não tem igual no mundo. Vou dar uma aproveitadinha antes de ir, mas com moderação. Sempre fica alguém com saudade e eu vou ficar também. Mas é a vida. Lá arrumo outras”, brincou ele, que admite ser muito tímido na paquera. “Fico na minha. Mas se estou afim, dou um jeito de desenrolar”, disse.

Lucas é um dos poucos jogadores de futebol que fazem jus à expressão ‘bom menino’.  Segundo as pessoas mais próximas, é um cara tranquilo e pouco paquerador. Prova disso é que ficou boa parte da festa com parentes e se emocionou ao ver um vídeo em sua homenagem.

Era visível que os novos rumos da carreira e a mudança para outro continente já o deixam sensibilizado. Em cima do palco e com os olhos marejados, não conteve a emoção ao ver a mãe no telão segurando a medalha de prata conquistada nas Olimpíadas de Londres.

“Não veio o ouro, mas essa tem o mesmo valor. Eu tenho muito orgulho de você e muito antes de você se tornar um jogador de futebol”, derreteu-se a mãe Fátima.

O pai Jorge adotou o mesmo tom também erguendo a medalha. “Essa para mim vale ouro”, repetiu por algumas vezes, poucos depois do primo Thiago dizer. “Estarei com você onde você estiver”, disse.

Se Lucas estava ‘na dele’, seu primo Rodrigo dos Santos tinha outras intenções. O jovem de 18 anos ficou de olhos nas meninas e confessou que já se deu bem pegando carona na fama do primo famoso.

“A gente pega uma rebarba. Ele até me ajuda. Às vezes ele fala que sou primo dele e isso impressiona as meninas. Vamos ver como vai ser hoje”, contou, esperançoso.

Além da família e das ex-BBBs Anamara e Lia, Lucas também foi prestigiado pelos companheiros de time que chegaram à festa após o São Paulo vencer o Bahia por 2 a 0, no Morumbi, e se classificar às oitavas de final da Copa Sul-Americana. Os atacantes Willian José e Ademilson e os volantes Wellington e Rodrigo Caio marcaram presença por volta de 1h40 no local.

Comprometidos, eles disseram que passariam longe das periguetes e que só foram à balada para dar um abraço no amigo. Quem pode não gostar da história é o técnico Ney Franco que não foi avisado da festa. Mas os jogadores terão uma colher de chá porque o treino desta quarta começa 15h30.

“Vai dar para dormir um pouco mais”, comemorou Rodrigo Caio. “E vamos treinar bem à tarde. Não vai atrapalhar em nada”, afirmou ele que tem namorada.

Fonte: Uol

Um comentário em “Lucas dá festa ‘a la Neymar’ com periguetes e chora em clima de despedida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*