Lucas brilha e São Paulo bate a Lusa no Morumbi

Com uma excelente atuação de Lucas e o oportunismo habitual de Luis Fabiano, o São Paulo venceu a Portuguesa por 3 a 1, no Morumbi, na moite deste sábado pelo Campeonato Brasileiro. O resultado levou a equipe da casa a 39 pontos, e mantém vivas as esperanças tricolores de voltar ao G4. Já a Lusa permanece com 29 pontos, na metade inferior da tabela.

O São Paulo começou o jogo de forma fulminante. O trio ofensivo escalado por Ney Franco dava sinais de que iria funcionar, com Lucas e Osvaldo infernizando a defesa com velocidade e Luis Fabiano se mostrando uma constante ameaça no comando do ataque tricolor. A Portuguesa sofria para conter os avanços, e não conseguia ultrapassar a pressão exercida pelo adversário na saída de bola.

 

Logo aos quatro minutos de jogo, Luis Fabiano invadiu a área, cortou Valdomiro e bateu de pé esquerdo, mas a bola acabou indo nas mãos de Dida. Um minuto depois, o gol tricolor: Lucas tabelou com Jadson e encontrou o Fabuloso em boa condição. O experiente goleiro da Lusa conseguiu evitar o gol na finalização do camisa nove, mas, no rebote, Osvaldo completou para as redes.

Com o placar aberto, os donos da casa seguiram no ataque. Aos oito minutos, Lucas fez bela jogada e entrou driblando na área, mas acabou se desequilibrando na hora de finalizar. Aos 21 minutos, Luis Fabiano volotu a assustar com uma cabeçada perigosíssima.

Os animos são paulinos foram esfriando, e aos 25 minutos Luis Ricardo cruzou rasteiro da direite e quase conseguiu encontrar Bruno Mineiro na pequena área. Aos 36 minutos, uma falha individual da zaga tricolor deu o empate aos visitantes: Lima lançou da defesa, Rafael Toloi tentou o cabeceio na intermediária mas falhou e acabou furando. A bola sobrou limpa para Bruno Mineiro, que tocou na saída de Rogério. 1 a 1.

O gol balançou o São Paulo, que errou muitos passes e acabou não conseguindo criar mais jogadas. O apito para o intervalo soou e o incômodo empate permaneceu no placar.

Na volta para a segunda etapa, o que se viu foi uma Portuguesa mais ligada no jogo. Logo aos três minutos, Ananias deu um belo corte no seu marcador e arriscou por cobertura, da entrada da área, mas a bola foi para fora. Aos sete, o São Paulo respondeu: Jadson levantou na área, Dida cortou e Tocou para o gol, mas Lima conseguiu cortar e evitar a redenção do zagueiro são paulino.

Aos onze minutos, com ajuda da sorte, o Tricolor voltou a estar na frente. Osvaldo avançou pela esquera e cruzou para Lucas dentro da área. O camisa sete bateu e, no meio do caminho, Luis Fabiano conseguiu desviar para o gol e marcar seu 11º gol na competição.

O São Paulo passou a controlar a partida, e aos 17 minutos Jadson desperdiçou uma ótima chance ao errar o último passe, após contragolpe puxado por Lucas. Aos 32 minutos, o gol que consolidaria a vitória: Lucas arrancou pela direita, passou por Boquita e cruzou para Luis Fabiano, que fuzilou, sem chances para Dida.

A Lusa bem que tentou, e Geninho ainta tirou seu lateral-esquerdo e colocou o centroavante Diego Viana. Era tarde demais, e só coube ao São Paulo administrar o resultado e levar os importantes três pontos diante da sua torcida.

Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Cruzeiro, no Morumbi, às 16h do próximo domingo, no Morumbi. Já a Portuguesa desce a serra para encarar o Santos, às 21h do próximo sábado.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3 X 1 PORTUGUESA

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 15/9/2012, às 18h30
Árbitro: Paulo Cesar Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Vicente Romano Neto (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

RENDA/PÚBLICO: Não disponíveis
CARTÕES AMARELOS: 
Valdomiro, Moisés (POR)
CARTÕES VERMELHOS: –
GOLS: 
Osvaldo, 5’/1°T (1-0); Bruno Mineiro, 36’/1ºT (1-1); Luis Fabiano, 11’/2ºT (2-1); Luis Fabiano, 32’/2ºT (3-1).

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Wellington, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Maicon (Cícero – 38’/2º) e Jadson (Paulo Assunção – 38’/2ºT); Lucas, Osvaldo (Casemiro – 19’/2ºT) e Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco.

PORTUGUESA: Dida; Luis Ricardo (Bruninho – 31’/2ºT), Gustavo, Valdomiro e Marcelo Cordeiro (Diego Viana – 36’/2ºT); Ferdinando, Léo Silva, Moisés e Boquita; Ananias (Rodriguinho, 25’/2ºT) e Bruno Mineiro. Técnico: Geninho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*