Leco terá homens de confiança de Alckmin em nova gestão no São Paulo

O Morumbi e o Palácio dos Bandeirantes vão estar mais próximos ainda, não apenas geograficamente. O novo mandato de Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, à frente do São Paulo contará com dois homens de confiança do governador Geraldo Alckmin: o promotor Saulo de Castro Abreu Filho e o jornalista Marcio Aith. O primeiro fará parte do Conselho de Administração e o segundo será executivo de comunicação e marketing no clube tricolor.

Saulo de Castro foi convidado para o novo Conselho de Administração, que conta ainda com oito membros: Leco, seu vice Roberto Natel, José Eduardo Mesquita Pimenta (indicado pelo Conselho Consultivo), os eleitos Júlio Casares, Sílvio Médici e Adilson Alves Martins, o ex-jogador Raí e Julio Conejero, genro do ex-presidente Juvenal Juvêncio.

Foto: Uriel Punk/Futura Press
Leco, presidente do São Paulo

Leco é reeleito presidente do São Paulo

Com Alckmin, Saulo atua como secretário de Governo e nunca escondeu sua paixão pelo futebol e pelo São Paulo. Em 2005, quando assistia à partida entre o tricolor e o Quilmes, da Argentina, viu pela televisão um caso de injúria qualificada do zagueiro Leandro Desábato ao atacante Grafite.

Na época ele era secretário da Segurança Pública. Então telefonou para o delegado Osvaldo Nico Gonçalves, do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), pediu que ele prendesse o argentino. O caso teve grande repercussão.

Já Marcio Aith, que é chamado por Alckmin de “meu guru”, participou da campanha vitoriosa de Leco à presidência do São Paulo, ajudando a agregar situacionistas descontentes e atuando nos bastidores. Ele trabalhou até o ano passado na comunicação do governo Alckmin e vai cuidar dessa área no São Paulo.

Como executivo, receberá um salário no Morumbi que, segundo dirigentes do São Paulo, será “compatível com o mercado”. Ele vai cuidar de toda área de imprensa e do marketing, e terá como principal meta conseguir um patrocínio master para a camisa – desde a saída de Prevent Senior o São Paulo vem estampando a marca da Corr Plastik no local de graça.

Além dele, Leco vai indicar outros executivos para funções importantes. Vinicius Pinotti, que era do marketing na gestão anterior, será o executivo de futebol. Outros nomes serão indicados e terão de passar pelo crivo do Conselho de Administração. Como Leco tem maioria lá, não terá problemas em aprovar seus indicados.

 

Fonte: O Estado de São Paulo

7 comentários em “Leco terá homens de confiança de Alckmin em nova gestão no São Paulo

  1. Conheço os dois. Não recomendo nenhum. Só posso dizer uma coisa: fiquem preocupados com o futuro do clube. Mais ainda do que já estão. Bem mais.

  2. Será que terá desvio de merenda? Será que terá falcatrua com na construção do metrô e do rodoanel???
    Torci p Leco. Decepcionei logo de cara. Colocando políticos dentro do SP.

  3. Concordo com você, e vou além, tanto a Odebrecht como as demais empresas que se beneficiaram desse artifício para ganhar licitações públicas.
    E infelizmente sobra para nós pagarmos a conta, e se já não bastasse termos pagar dobrado por serviços de responsabilidade do ente público.

  4. Espero que evitem o patrocínio da Odebrecht e das demais construtoras deste país velho de guerra, que vive se aguentando apesar de seus governos!!!

  5. Minha crítica é: quando o Governador do Estado podia “ajudar” o Tricolor não o fez, como por exemplo as obras de melhoria de acesso ao Morumbi, que beneficiaria toda a região.
    E agora, que o próprio aparece também envolto em uma série de denúncias referentes a propina – o país enterrado numa crise econômica, política e jurídica absurda – não vai fazer nem se quisesse.
    Não entendo a natureza desses mimos, a não ser que Leco depois de seu mandato vá se aventurar na política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*