Leco nega interesse em Rodrigo Caetano e garante Pinotti em 2018

Uma possível mudança na chefia do departamento de futebol do São Paulo é rechaçada pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. Após a dramática vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, no último sábado, o mandatário tricolor negou interesse na contratação de Rodrigo Caetano, diretor-executivo do Flamengo.

De acordo com reportagem do portal Uol, um interlocutor de Leco conversou com o dirigente rubro-negro nas últimas semanas. Ainda não teria havido uma proposta por parte do clube paulista, no entanto. Rodrigo Caetano, cujo vínculo com o Flamengo vai até o fim de 2018, tem o costume de cumprir os seus contratos nas equipes pelas quais passa.

“É um dos grandes absurdos, uma das grandes elucubrações que, infelizmente, a mídia faz. Não tem absolutamente nada, zero”, garantiu Leco, na zona mista do Pacaembu.

A suposta procura do São Paulo por Caetano teria acontecido no momento em que Vinicius Pinotti, diretor-executivo do São Paulo, sofre grande pressão no cargo. Na semana passada, a Gazeta Esportiva revelou que oposicionistas formalizaram um pedido de reunião extraordinária para o dirigente se explicar sobre sua relação com Alan Cimerman, ex-gerente de marketing, que teve um esquema de extravio de R$ 1,5 milhão em ingressos de shows no Morumbi desvendado recentemente.

Além disso, no fim de agosto, Pinotti já havia sido sabatinado por conselheiros, que o questionaram acerca da demissão de Rogério Ceni e de algumas contratações. Indagado se o diretor estaria garantido no cargo em 2018, Leco foi sucinto: “Claro que é”.

Com a vitória sobre o Atlético-PR, o São Paulo alcançou o 13º lugar do Campeonato Brasileiro, com 34 pontos, deixando a zona de rebaixamento. Aliviado pelo resultado, o presidente tricolor elogiou a atuação da equipe e demonstrou confiança em um futuro melhor.

“A gente acredita, confia. É um time que luta e está mais confiante, com mais possibilidade de enfrentar os seus adversários, e nenhum deles é fácil. A luta é muito árdua, muito grande, mas o São Paulo está, sim, se encaminhando à ascensão para que não sofra mais essa angústia, esse calvário que estamos vivendo. O São Paulo vai continuar lutando, e muito, para ter um 2018 melhor”, encerrou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

5 comentários em “Leco nega interesse em Rodrigo Caetano e garante Pinotti em 2018

  1. O Pinotti não era para ser contratado pela falta de experiência no setor, fato, mas agora, depois de 6 meses no cargo, onde teve que remontar o time no meio da temporada e conseguiu, poucos fariam melhor em tais circunstâncias, a experiência que faltava já não falta mais, e a partir de agora planejar o próximo ano.

  2. O Pinotti me parece pessoa de bem, ele tem participação em uma empresa bilionária, não precisava se dedicar ao SPFC como faz mas…..ele não tem vivência pra um cargo desse.

    Acho que o Leco tem que parar de amadorismo e colocar as pessoas certas nos lugares certos:

    -O Pinotti no markt,
    -Um profissional do mercado na gerência de futebol,
    -Garantir o Dorival em 2018 e planejar um Time competitivo,
    – Se afastar e deixar os profissionais trabalharem.

  3. Eu continuo com a mesma opinião… efetivamente, ele caiu de paraquedas na cadeira de Presidente do SPFC. Nem o JJ, seu padrinho político, teve a convicção de que ele seria um bom Presidente. Por isso foi preterido quando da escolha do sucessor. Infelizmente, o prêmio de consolação – Presidente do CD – serviu de trampolim para que ele chegasse ao cargo. Lhe falta carisma, capacidade gerencial, falta também sorte, enfim, falta tudo. Sua gestão está fadada ao ostracismo da história tricolor.

  4. O engraçado é que ngm acha esse senhor incompetente após as derrotas, é só vencer que esse pavão corre pra dar entrevista e espalhar suas asneiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*