Leão acusa São Paulo de calote e diz que haverá audiência na Justiça

O São Paulo demitiu o técnico Emerson Leão no dia 4 de julho, dias após a eliminação da equipe na semifinal da Copa do Brasil. Três meses depois, o treinador resolveu acionar o clube do Morumbi na Justiça. No programa “Arena Sportv” desta quarta-feira, o atual técnico do São Caetano disse que o Tricolor está em débito e que uma audiência para discutir o assunto está marcada para o dia 15 de outubro.

– Eu sou a favor da lei. Por isso, o São Paulo vai se encontrar comigo, já que não cumpriu a lei. O clube me deve, não respeitou o contrato determinado – afirmou.

O treinador tinha vínculo com o a equipe até o dia 31 de dezembro. Não havia multa rescisória no seu contrato, mas o treinador afirma que, pela lei, teria direito a receber metade do valor que seria pago até o final do ano, o que não aconteceu.

Sob o comando de Leão, que assumiu a equipe em outubro de 2011, o Tricolor disputou 44 jogos – foram 26 vitórias, seis empates e 12 derrotas. No Paulistão, o time caiu diante do Santos, na semifinal. Na Copa do Brasil, também na semi, foi eliminado pelo Coritiba. No Brasileirão, três vitórias em casa e três derrotas como visitante em seis jogos. A queda ocorreu após um tropeço por 1 a 0 diante da Portuguesa, no Canindé.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*