Kardec e Fabuloso se encaixam e dividem gols no ataque do São Paulo

O técnico Muricy Ramalho, do São Paulo, sempre fala que um grande time não é formado por apenas 11 titulares e sim, por um plantel de qualidade. O ataque tricolor talvez seja o melhor exemplo para reforçar essa tese. Antes concorrentes por uma vaga no time, Alan Kardec e Luis Fabiano se encaixaram bem atuando juntos.

Kardec é titular inquestionável, custou R$ 13,5 milhões aos cofres do São Paulo e, após enfrentar um jejum de 11 jogos sem marcar, balançou as redes adversárias por quatro partidas consecutivas (Goiás, Criciúma e nos dois confrontos contra o Emelec). Na sequência, Luis Fabiano voltou a ser titular e repetiu o desempenho do parceiro de ataque. Foram três gols em três jogos seguidos (contra Vitória, Internacional e Palmeiras). O camisa 9 é o artilheiro do time em 2014, com 20 gols marcados.

Muricy Ramalho encontrou uma forma de os dois atuarem juntos quando Alexandre Pato sofreu lesão muscular que o afastou dos gramados por quatro semanas. O camisa 11 retornou no clássico do último domingo, diante do Palmeiras, e ficou no banco.

– Troca um, entra o outro, e o desempenho se mantém. Muito disso é porque o time se adapta aos jogadores. Tanto que o nosso time tem o segundo melhor ataque do campeonato e faz gols em praticamente todos os jogos – explicou. Com 57 gols, o Tricolor só perde para o Cruzeiro, que tem 60.

O goleiro Rogério Ceni também elogia a dupla de atacantes.

– O Luis e o Kardec são dois caras importantíssimos. Marcam gols e ajudam demais o time. Quem ganha com isso é o treinador, que tem opção de escalar como acha melhor. Eles foram os responsáveis pelos últimos resultados da equipe – analisou.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*