Juvenal volta a atacar Teixeira pela exclusão do Morumbi da Copa

O presidente Juvenal Juvêncio aproveitou o evento em que recebeu do prefeito Gilberto Kassab o alvará para a reforma do estádio do Morumbi para atacar o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira, segundo o dirigente tricolor, o responsável por excluir a casa tricolor da Copa do Mundo de 2014.

“A principal razão (do Morumbi ter ficado de fora) é o Ricardo Teixeira. Ele queria que eu derrubasse essa casa sacrossanta. Não. Ele já teve muito poder, mas nunca gostou de futebol. A gestão dele no futebol brasileiro foi nefasta, predadora”, disse Juvenal.

O presidente tricolor ainda fez piada com a mudança de Teixeira para Miami, nos Estados Unidos, onde mora desde que deixou a CBF.

“Quando vi que ele tinha vendido das fazendas, os gados, percebi que a vaca foi para o brejo”, brincou o dirigente.

Juvenal ainda disse que o Teixeira deu dinheiro a alguns clubes após o fim do Clube dos 13.

“Ele ficou nervoso porque perdeu a eleição do Clube dos 13 (Fábio Koff venceu Kleber Leite, apoiado por Teixeira) e todos sabem disso, mas é quem mandaram a cobrança para o lugar errada, chegou lá no Clube dos 13. Mandei o Koff tirar uma cópia e devolver”, afirmou o presidente.

Juvenal recebeu das mãos do prefeito Gilberto Kassab o alvará que permite o início das obras para a reforma e cobertura do estádio do Morumbi. Segundo Juvenal, o trabalho custará R$ 300 milhões, pagos pela construtora Andrade Gutierrez e outros parceiros, e deverá ficar pronta em 18 meses, mas a data de início não foi revelada.

Fonte: Uol

Um comentário em “Juvenal volta a atacar Teixeira pela exclusão do Morumbi da Copa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*