Jucilei vê chance real de ficar no SP e revela pedido de desculpas a Dorival

Jucilei recuperou seu espaço no São Paulo e foi um dos destaques nas vitórias sobre Flamengo e Santos, no Pacaembu. Ele será titular novamente, neste sábado, às 19h, contra o Atlético-GO, no Serra Dourada, pelo Campeonato Brasileiro.

Mas nem sempre foi assim. Em entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com e à TV Globo, Jucilei revelou um atrito que teve com o técnico Dorival Júnior e o auxiliar Lucas Silvestre. O jogador reclamou de ser substituído no intervalo do duelo com o Grêmio, no dia 24 de agosto, quando deu lugar a Cícero.

– Falaram que eu quebrei o pau no vestiário, mas não é verdade. O que aconteceu é que fui substituído contra o Grêmio e tinha de ficar no banco de reservas porque ainda teria o sorteio do doping no fim da partida. Cheguei no Lucas e falei que não tinha gostado de sair. Só que falei em um tom alto. Estava de cabeça quente. Não era para ter falado. Não é da minha índole fazer isso. Depois, conversei com o Dorival e pedi desculpas – afirmou Jucilei.

Apesar do atrito, o volante continuou sendo aproveitado pelo treinador, mas perdeu espaço depois da expulsão contra a Ponte Preta, em 9 de setembro.

Em seguida, foram foram seis partidas fora: uma por suspensão e cinco por opção da comissão. Ele só voltou a ser titular contra o Flamengo, dia 22 de outubro, quando teve ótima atuação.

– Ficou como lição. Quando acontecer de novo, é ir para casa e respirar para depois conversar. Estávamos perdendo, e ele quis colocar mais um homem de frente. Já passou. Está tudo zerado com o Dorival e com o Lucas. Estou aqui sempre para ajudar – disse.

Jucilei tem presença garantida na partida contra o Atlético-GO (Foto: Erico Leonan / site oficial do SPFC)

Jucilei tem presença garantida na partida contra o Atlético-GO (Foto: Erico Leonan / site oficial do SPFC)

Vai ou fica?

Assim como disse em participação no “Seleção SporTV” da última quinta-feira, Jucilei voltou a demonstrar vontade de permanecer no São Paulo. O contrato de empréstimo com o Shandong Luneng, da China, termina no dia 31 de dezembro.

– Acho que existe a possibilidade. Ela é real. O São Paulo vai negociar com o Shandong. Não sei valores, mas minha vontade é permanecer. Gosto daqui, fui muito bem recebido. Tenho o carinho de todos.

Experiente, Jucilei está preocupado com os dois próximos jogos da equipe: depois do Atlético-GO (20º colocado), o rival é a Chapecoense (12º lugar), quinta-feira, no Pacaembu. As equipes também lutam contra o rebaixamento.

– Não podemos baixar a guarda. Precisa ter cuidado. Em jogos assim, você precisa estar muito focado. Um momento de relaxamento pode provocar um gol do rival e aí tudo se complica, já que eles se trancam atrás. A gente tem conversado muito sobre isso. Perdemos pontos importantes para essas equipes no primeiro turno. Temos um time muito forte, mas precisamos entrar ligados do começo ao fim – disse.

Para Jucilei, a torcida tem sido fundamental na recuperação da equipe no Brasileirão. O Tricolor tem a segunda melhor média de público do ano nas Séries A, B e C: 33.022 torcedores por jogo.

– O que eles têm feito é surreal. Quando gritam o nome, arrepia dentro de campo. Isso nos deu muita força. O São Paulo é muito grande para estar nessa situação. Provamos nos dois jogos que estamos muito fortes, que estamos prontos para qualquer situação. Respeito muito o Atlético-GO, mas vamos atrás da terceira vitória.

Veja as informações do São Paulo para o jogo contra o Atlético-GO:

Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia
Data e horário: sábado, às 19h (de Brasília)
Provável escalação: Sidão; Araruna, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei; Petros, Hernanes, Marcos Guilherme e Cueva; Lucas Pratto
Desfalques: Wellington Nem e Morato (cirurgias no joelho direito, só voltam em 2018), Bruno (lesão nas costas) e Éder Militão (estiramento na coxa esquerda)
Pendurados: Bruno, Hernanes, Jonatan Gomez, Lucas Fernandes, Lucas Pratto, Lugano, Petros, Renan Ribeiro, Rodrigo Caio e Sidão
Arbitragem: Bráulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Neuza Ines Back (Fifa-SC)
Transmissão: Sportv (menos GO) e Premiére, com narração de Jota Júnior e comentários de Wagner Vilaron

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*