Jogada do segundo gol de Centurión teve 16 passes certos e posse de 52s

Com mais de 60% de posse de bola, o São Paulo sufocou o Toluca no Morumbi, nesta quinta-feira, pela Taça Libertadores. O Tricolor fez 4 a 0 e colocou um pé nas quartas de final da competição continental. Durante a partida, o time paulista teve 22 oportunidades e permitiu que o adversário chegasse com perigo apenas duas vezes. Com uma atuação acima da média, o São Paulo teve 396 passes certos no jogo, conta 246 da equipe mexicana. O último gol da partida saiu de uma jogada bem trabalhada. Seis jogadores saíram para o ataque e foram 16 passes certos em 52s, antes de Michel Bastos cruzar da esquerda e a bola sobrar para Centurión, que bateu de pé direito, no canto direito do goleiro Talavera.

– O São Paulo mostrou que pode, a questão é saber se ele vai conseguir manter o nível. Os primeiros quinze minutos o São Paulo trocou mais de cem passes certos e a equipe do Toluca tocou menos de vinte. Ontem a expressão que estavam usando era que o São Paulo “amassou”, o São Paulo “amassou” o Toluca. O São Paulo pressionou demais e o gol até demorou para sair. Teve bola na trave, criou muitas oportunidade antes mesmo de conseguir abrir o placar – destacou a jornalista Mayra Siqueira durante o “Seleção SporTV”.

Cronômetro posse de bola gol São Paulo Toluca-MEX (Foto: Reprodução SporTV)Cronômetro mostra posse de bola do São Paulo (Foto: Reprodução)

Na primeira fase da Libertadores, o Toluca foi o líder do Grupo 6 e se classificou com 13 pontos. Considerado um dos times grandes da competição, o apresentador Marcelo Barreto lembrou que os time mexicano estava com sete desfalques no jogo contra o São Paulo. Para o comentarista Ricardo Rocha a fragilidade do adversário não anulou o desempenho impecável da equipe Tricolor.

– O São Paulo jogou bem independente da fragilidade do adversário. Se posicionou bem em campo, não deu espaço para o contra-ataque, marcando em cima, buscando o gol e isso é fundamental. Quando perguntam se o São Paulo tem condição de ser campeão da Libertadores, eu acho que tem. São Paulo é grande e tem história na Libertadores e isso é muito importante para quem joga esta competição. É uma equipe forte, tem bons jogadores. Essa irregularidade é que ainda faz se pensar, será que vai manter essa base? Será que vai manter esse ritmo? São os jogadores que tem que buscar isso (…). Esse momento do São Paulo é de crescimento.

Nesta quinta-feira, os são-paulinos proporcionaram o novo recorde de público do futebol brasileiro na temporada. 53.241 torcedores estavam presentes nas arquibancadas do Morumbi. Mayra Siqueira destacou o apoio da torcida e o crescimento do São Paulo desde o primeiro jogo da Libertadores.

– Foi um crescimento muito claro do São Paulo na Libertadores. Passou pelo Serra Valerro, já foi aquela coisa meio pré-libertadores, mas o torcedor estava preocupado. Perdeu do Strongeste e foi para tudo ou nada. Depois passou por adversários muito difíceis. Foi uma sequencia boa e o São Paulo conseguiu abraçar e entender isso. E tinham 53 mil torcedores ontem no Morumbi. Foi o maior público do futebol brasileiro na temporada.

O jogo de volta das oitavas de final da Libertadores está marcado para a próxima quarta-feira, no México. O Tricolor pode perder por até três gols de diferença. Se marcar um gol, o Toluca terá de marcar seis vezes para se classificar.

São Paulo x Toluca Centurion (Foto: Marcos Ribolli)Centurión fez dois gols na partidam o último veio após grande troca de passes do Tricolor (Foto: Marcos Ribolli)
Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*