Jadson espera evoluir com nova chance na seleção brasileira

Pouco mais de um ano depois, o meiaJadson ganhou uma nova chance na seleção brasileira. Ele, que esteve na Copa América do ano passado, foi convocado pelo técnico Mano Menezes para os Superclássicos da América, contra a Argentina, nos dias 19 de setembro e 3 de outubro. Muito feliz, o jogador compara seu momento antes da primeira passagem com o futebol que está apresentando à frente do São Paulo e se anima.

– Estou em um estágio melhor agora, com uma sequência boa no Brasileiro. Disputei todos os jogos. Também tenho um número bom de assistência e fiz alguns gols. Meu futebol está crescendo. Espero que possa evoluir ainda mais com a Seleção – disse Jadson.

O meia ganhou suas primeiras oportunidades com a Seleção no ano passado, quando ainda defendia o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Ele entrou em campo nos amistosos contra Escócia, Romênia e França – o meia foi convocado também para o duelo com a Holanda, mas não entrou em campo.

À época, o meia se via em desvantagem em relação aos outros jogadores da posição, porque o ritmo de jogo na Ucrânia era menos intenso. Ainda assim, Jadson entrou na lista para a disputa da Copa América. Na competição continental, ele teve apenas uma oportunidade. Foi titular contra o Paraguai, pela primeira fase, e fez o primeiro gol do empate por 2 a 2.

De lá para cá, a Seleção disputou vários amistosos, mas Jadson não voltava à lista. Líder nas assistências de Brasileirão e com cinco gols anotados na competição, o meia acredita que essa campanha fez a diferença para ele estar entre os convocados para os duelos com a Argentina. Ele disputará agora uma chance entre os titulares com Thiago Neves (do Fluminense), Bernard (do Atlético-MG) e com o companheiro de clube Lucas, que atua como um meia-atacante na Seleção.

Fonte: Globo Esporte – Foto: Vipcomm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*