Hudson deve ser titular do São Paulo pelas próximas quatro partidas

Pouco cotado para ser titular do São Paulo no início desta temporada, o volante Hudson, aos poucos, vai conquistando seu espaço no Tricolor. Reserva imediato da primeira linha do meio de campo, o jogador deve permanecer entre os titulares após o diagnóstico da lesão de Jucilei, que impossibilita o camisa 8 de entrar em campo pelas próximas duas semanas. Com isso, é possível que o atleta faça cinco partidas seguidas, algo que não acontece desde outubro do ano passado, quando se machucou em um treino do Cruzeiro.

De volta ao clube do Morumbi após uma temporada vitoriosa em Minas Gerais, Hudson já fez três jogos pelo Tricolor (titular contra CSA-AL e Ituano, e um saindo do banco de reservas contra o Bragantino) em 2018. Na derrota para a equipe de Itu, na última quarta, o camisa 25 do São Paulo substituiu o suspenso Petros e, apesar da atuação ruim da equipe, deu conta do recado.

Agora, com Jucilei fora das quatro próximas partidas da temporada (Ferroviária, CRB-AL, Linense e Palmeiras), a comissão técnica deve optar em colocar Hudson em campo para substituir seu companheiro. Se participar de todos esses jogos, o volante voltará a ter cinco jogos seguidos após quatro meses trabalhando para se recuperar de uma lesão e, posteriormente, recuperar a forma física.

A última vez que isso aconteceu foi no fim do ano passado, quando o hoje são-paulino ganhou o título da Copa do Brasil pelo Cruzeiro e, na sequência, enfrentou Ponte Preta, Grêmio, Coritiba e Atlético-MG no Brasileirão. Em seu melhor momento na carreira, o volante teve, durante um treinamento na Toca da Raposa, uma lesão grau 4 no músculo adutor da coxa direita, que o afastou dos gramados por pouco mais de um mês.

Assim que retornou para o Tricolor do Morumbi, Hudson fez a pré-temporada com os demais jogadores do elenco e, diariamente, realizava alguns trabalhos específicos para retomar a condição que estava quando se lesionou no Cruzeiro. A primeira vez que foi relacionado para um jogo aconteceu no clássico contra o Corinthians, no fim de janeiro. De lá para cá, o jogador tem ganhado cada vez mais espaço no elenco.

Agora, com uma possível sequência de jogos com a camisa são-paulina, o jogador pode demonstrar que tem potencial para virar titular da equipe e ajudar a equipe a se recuperar na temporada, que embora ainda esteja no início, já apresente muita pressão ao elenco e comissão técnica.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*