Herói, Calleri cogita seguir no São Paulo: “Se for campeão, vemos”

Protagonista na vitória por 2 a 1 sobre o River Plate, no Morumbi, pela Taça Libertadores, Calleri está em alta no São Paulo. Autor de dez gols na temporada, sete deles no torneio internacional, o atacante argentino tem contrato até 30 de junho. Depois, ele deve seguir para Itália. Ou não. O jogador admite que em caso de título da competição sul-americana, as coisas podem mudar.

– Eu tenho contrato até 30 de junho. Minha ideia era vir jogar por seis meses no São Paulo, jogar a Libertadores, algo que muito me interessa, e sair campeão. Se for campeão, vemos. Se não, termina o contrato – falou o jogador, na saída do Morumbi.

Também depois da partida, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, comentou o assunto. E não fez cerimônia. Deixou claro o desejo de continuar com Calleri no clube.

– Se ele quiser ficar é tudo o que eu quero – disse o presidente do São Paulo.

São Paulo x River Plate Calleri (Foto: Marcos Ribolli)Calleri comemora gol pelo São Paulo na vitória por 2 a 1 sobre o River Plate (Foto: Marcos Ribolli)

Questionado sobre a possibilidade de uma negociação para renovar, o mandatário foi enfático.

– Dá (para negociar). Tem uma série de fatores, por exemplo, o desejo dele, o interesse dos que estão envolvidos com ele de qualquer forma – explicou.

O destino de Calleri após a passagem pelo Morumbi seria a Inter de Milão, mas, de acordo com o presidente Leco, um possível pré-acordo com o time italiano não seria problema.

– Não tenho nada a ver com a Inter. Eu sou São Paulo. Não posso responder pelo Calleri, se for possível para que ele permaneça, nós faremos de tudo para isso – completou.

O técnico Edgardo Bauza também falou sobre o assunto e não poupou elogios ao jogador.

– Estamos falando com a diretoria, não somente sobre a saída de Calleri, mas também sobre a chegada de quatro ou cinco jogadores para fortalecer esse plantel – ressaltou.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*