Hernanes valoriza retorno ao São Paulo após receber Bola de Prata

Hernanes precisou de apenas 19 jogos para se tornar um dos principais jogadores do Campeonato Brasileiro. Tido como peça fundamental para livrar o São Paulo do risco de rebaixamento nesta temporada, o Profeta recebeu o prêmio Bola de Prata nesta segunda-feira e valorizou seu retorno ao clube do Morumbi depois de um período difícil no futebol chinês, onde não vinha atuando com frequência.

Hernanes recebeu o troféu das mãos de Toninho Cerezo, volante que também marcou época com o São Paulo e venceu os Mundiais de 1992 e 1993 sob o comando do técnico Telê Santana, conquistas que acabaram criando a grande identificação do Profeta com o Tricolor.

“Realmente é uma honra grande estar aqui nesse teatro com os monstros sagrados do futebol brasileiro. Eu assisti 92, 93, estava lá acordado, e talvez a minha relação com o São Paulo tenha nascido naquelas madrugadas. É um momento espetacular, a vida é muito dinâmica, o futebol não é razão. Depois de um ano e meio sem férias, consegui encontrar a tranquilidade para fazer o meu trabalho. No final, receber esse prêmio é uma satisfação muito grande. Obrigado ao São Paulo por me abrir as portas, ao torcedor são-paulino, à comissão técnica e também à minha família”, disse Hernanes, que também recebeu a premiação em 2007 e 2008, quando se sagrou campeão brasileiro com o Tricolor.

O Profeta reestreou com a camisa do São Paulo em julho deste ano, na virada épica sobre o Botafogo por 4 a 3, no Engenhão, em que, inclusive, marcou um dos gols da vitória. Na ocasião, o Tricolor figurava na 18ª colocação na tabela, porém, aos poucos, Hernanes conseguiu contagiar o grupo juntamente com os outros líderes do elenco para livrar o clube do rebaixamento inédito.

Por conta de suas grandes atuações, Hernanes está sendo, inclusive, cogitado para receber uma oportunidade do técnico Tite em sua última convocação para a Seleção Brasileira antes da Copa do Mundo – em março o Brasil enfrenta a Alemanha, em Berlim, e a Rússia, em Moscou. Caso mantenha o desempenho de 2017, quando marcou nove gols em 19 partidas pelo São Paulo, a chance de o Profeta voltar a vestir a Amarelinha não deve ser descartada.

Um comentário em “Hernanes valoriza retorno ao São Paulo após receber Bola de Prata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*