Guarani confirma ida de Pintado ao São Paulo após rodada de domingo

Pintado vai mesmo trocar o Guarani pelo São Paulo. O presidente do Bugre, Horley Senna, confirmou em entrevista coletiva nesta quarta-feira, no Brinco de Ouro, que o técnico deixará o clube após a partida contra o Barretos, no domingo, pela última rodada da primeira fase da Série A2. Seu futuro será no Morumbi: ele aceitou a proposta feita na semana passada para assumir o cargo de Milton Cruz e será um elo entre diretoria, comissão técnica e jogadores do Tricolor.

A saída acontece em comum acordo e não leva em consideração um possível avanço de fase. Pintado sairá mesmo se levar o Guarani às quartas de final da Série A2. A diretoria bugrina iniciou nesta manhã contatos com treinadores que possam tocar o projeto caso o time siga na disputa pelo acesso. A ideia é oficializar um nome até o fim da semana. Caso o time seja de fato eliminado, o escolhido terá mais tempo para reformular o elenco que disputa, a partir de maio, a Série C do Brasileiro.

No Morumbi, Pintado voltará ao clube com o qual mais se identificou na carreira como jogador. Ele foi volante do grande time da década de 1990 e conquistou duas vezes a Libertadores (92 e 93), um título mundial (92) e dois Paulistas (85 e 92), entre outras taças menores. Anos depois, o ex-jogador volta para fazer a função de elo entre diretoria e elenco. A postura aguerrida de quando atuava e a relação intensa com o Tricolor pesaram para o seu retorno.

Pintado comemora gol do São Paulo sobre o Bragantino em 1993 (Foto: Arquivo / Ag. Estado)Pintado comemora gol do São Paulo sobre o Bragantino, durante a temporada de 1993 (Foto: Arquivo / Ag. Estado)

O trabalho de Pintado no Guarani durou de 24 de agosto, data de sua apresentação, até 3 de abril, ou seja, o próximo domingo. Foram 23 partidas, com 11 vitórias, sete empates e cinco derrotas. O melhor momento do técnico foi a invencibilidade entre a Série C do Brasileiro e o começo da Série A2 do Paulista. Sob sua direção, o Bugre ficou 13 partidas sem perder, de agosto a fevereiro.

Outro fator de destaque do trabalho de Pintado foi o espaço dado às categorias de base do clube no elenco profissional. O técnico promoveu vários garotos e inscreveu oito na Série A2: o goleiro Passarelli (único que não jogou), o zagueiro Léo Rigo, o volante Wesley, os meias João Vittor e Watson e os atacantes Gabriel Rodrigues, Lorran e Rai. Fica a dúvida sobre o aproveitamento dos jovens no segundo semestre.

O início promissor e os elogios, porém, ficaram pelo caminho a partir das primeiras derrotas. Pintado passou a ser questionado pela torcida em tropeços do Guarani na Série A2, em especial para equipes de campanhas inferiores (empate com o Rio Branco e derrotas para Paulista, Penapolense e Atlético Sorocaba, este já rebaixado). Muitos, ironicamente, pediam a saída do treinador para o São Paulo mesmo na reta final.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Guarani confirma ida de Pintado ao São Paulo após rodada de domingo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*