À procura do time ideal, Bauza inova com trio Michel Bastos, Ganso e Daniel

O técnico Edgardo Bauza tem mudado peças e até esquema nas últimas partidas do São Paulo. Sem perder há quatro jogos, mas com futebol questionado, o time acumula três empates e uma vitória. A nova ideia para vencer a primeira fora de casa no ano, nesta quarta-feira, às 19h30, em São José do Rio Preto, é escalar Michel Bastos, Ganso e Daniel juntos como titulares. É a estreia dos três meias desde o início em uma partida.

Bauza insistia no 4-2-3-1 desde o início da temporada, mas mudou o sistema pela primeira vez ao bater o Botafogo (1 a 0) na quarta-feira passada, quando testou o 4-3-2-1. Na ocasião, escalou João Schmidt (primeiro volante), Hudson (direita) e Carlinhos (volante com saída pela esquerda), com Ganso e Daniel em uma linha de dois meias (veja campinho 1 abaixo).

CAMPINHO 1: Contra o Botafogo, São Paulo teve uma linha de dois no meio: Ganso e Daniel (Foto: GloboEsporte.com)CAMPINHO 1: Contra o Botafogo, São Paulo teve uma linha de dois jogadores na parte da frente do meio: Ganso e Daniel

No último domingo, no clássico com o Santos, Bauza retomou o 4-2-3-1, na Vila Belmiro. Precavido, usou Centurión aberto na esquerda para marcar Victor Ferraz, lateral-direito do rival, Thiago Mendes na direita, e Daniel centralizado: três em linha no meio (veja campinho 2 abaixo). Depois de abrir mão do sistema no segundo tempo, empatou o clássico por 1 a 1, ajudado por Lucas Fernandes, autor da assistência, e Alan Kardec, do gol. Os dois começaram no banco de reservas.

CAMPINHO 2: Contra o Santos, São Paulo voltou ao 4-2-3-1, mas sem Ganso, que estava suspenso (Foto: GloboEsporte.com)CAMPINHO 2: Contra o Santos, São Paulo voltou ao 4-2-3-1, mas sem Ganso, que estava suspenso no jogo da Vila

Agora, contra o Linense, Bauza segue no 4-2-3-1. Ele treinou a equipe com a seguinte formação: Denis; Bruno, Rodrigo Caio, Maicon e Carlinhos; Hudson e Thiago Mendes; Daniel, Ganso e Michel Bastos; Calleri (veja campinho 3 abaixo).

CAMPINHO 3: Contra o Linense, Bauza vai manter o São Paulo no 4-2-3-1, só que com três meias no setor de criação (Foto: GloboEsporte.com)CAMPINHO 3: Contra o Linense, Bauza vai manter o São Paulo no 4-2-3-1, só que com três meias no setor de criação

O comandante não contará com Lugano, poupado, e Centurión, com uma tendinite no joelho esquerdo. Mas terá força ofensiva com as voltas de Ganso, autor de seis gols e três assistências, e Michel Bastos, com dois gols e uma assistência para o próprio camisa 10 na temporada.

 

Fonte: Globo Esporte

4 comentários em “À procura do time ideal, Bauza inova com trio Michel Bastos, Ganso e Daniel

  1. Gostei muito do comentário do Murilo: está correto. Com o Schimidt o time ganha com a bola parada, já que ele é um bom cabeceador, além da objetividade, seus passes são mais verticais – o Bruno toca muito de lado e para traz . Também julgo que o MBastos vai melhor pela direita e que se precisar alguma alteração durante a partida, ele deveria promover a entrada do Lucas Fernandes jogando pelo lado esquerdo, substituindo ao Daniel ou deslocando ele, Daniel, para a direita para a saída do Michel Bastos.
    Creio que é o melhor time do SP para o momento; vamos ver o esquema tático escolhido…

  2. Bauza poderia ajudar escalando João Schmidt e Thiago Mendes de volantes e nos poupando de Hudson e seus passes inúteis.
    Poderia colocar Michel na direita para que ele pudesse cortar pra dentro e chutar.
    Duas mexidas simples que já teriam impacto positivo.
    Mas, sem jogador rápido pelas pontas, continuaremos sem capacidade de agredir e contra-atacar.
    Vem placar magro aí.

  3. tem que treinar isso antes de testa viu bauza ,

    mais uma vez o tal do MB nao quer mais jogar no soberano pelo amor de deus vedam ele .

    nao entendi essas desculpas do moro ao STF

    viram mais um denuncia contra a cbf e o stjd prejudicando o atlético ? tem muita sujeira nesse futebol e principalmente a favor de time de grande massas e só investiga .

    pra sempre soberano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*