Grupo são-paulino volta da Bolívia sob aplausos e pedidos de zagueiro no gol

Classificado para as oitavas de final da Taça Libertadores depois de um dramático empate por 1 a 1 com o The Strongest, na Bolívia, o elenco do São Paulo retornou no fim da tarde desta sexta-feira ao Brasil e recebeu apoio de cerca de 30 torcedores no Aeroporto de Guarulhos.

O primeiro a surgir no saguão de desembarque, sob aplausos, foi o meia Paulo Henrique Ganso, que, por estratégia do técnico Edgardo Bauza, entrou apenas no segundo tempo da partida.

Mais tarde, o zagueiro Maicon também apareceu, foi cercado para fotografias e recebeu tratamento de herói por ter atuado improvisado como goleiro, nos minutos finais do jogo, após a expulsão de Denis.

– Fica no gol, Maicon! Você tem de jogar no lugar do Denis – gritaram alguns torcedores, em tom de brincadeira.

Maicon é assediado por torcedores no aeroporto (Foto: Tossiro Neto)Maicon é assediado por torcedores no aeroporto (Foto: Tossiro Neto)

O goleiro, que tem convivido com falhas em sua primeira temporada como titular do São Paulo, sofreu gol questionável e ainda recebeu dois cartões amarelos por demora na reposição de bola, o que fez a equipe terminar o jogo com um a menos. Apesar disso, seu substituto saiu em sua defesa.

– É difícil, mas o Denis tem personalidade e está fazendo bem seu papel. Às vezes, acontece, todo mundo erra. Ninguém está aqui para sacrificar ninguém. Não foi só um jogador que errou. Estamos ali para ajudarmos uns aos outros. Temos que realçar principalmente a classificação – minimizou Maicon.

Neste momento, para o primeiro duelo das oitavas de final da Libertadores, na quinta-feira que vem, contra o Toluca (do México), a única opção para o gol é Léo, formado nas divisões de base e com apenas 45 minutos como profissional pelo clube. Renan Ribeiro ainda se recupera de apendicite.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*