Grupo de Juvenal faz caça a infiltrados na diretoria e planeja mais cortes

Juvenal Juvêncio e seus homens de confiança sabem que há na atual diretoria membros que irão mudar de lado no ano que vem e vão apoiar o opositor Marco Aurélio Cunha nas eleições presidenciais. Por isso, o grupo do atual presidente quer tirar um a um da gestão antes de 2014.

O primeiro a sair foi Ricardo Haddad, vice-presidente administrativo. Ele pediu demissão quando seria demitido. Recentemente, Denis Ormrod perdeu o cargo que tinha na área social do Morumbi por se aproximar a Marco Aurélio.

Outros que estão na mira do Grupo Participação, nome do partido político de Juvenal Juvêncio, são Dorival Decoussau, diretor de comunicações, e Affonso Renato Meira, diretor-secretário geral.

Dorival Decoussau assumiu a diretoria de comunicação neste último mandato de Juvenal Juvêncio. A reportagem do LANCE!Net tentou contato com Decoussau, mas não obteve resposta. Dorival está presente em todos os jogos do São Paulo no Morumbi e sempre é visto ao lado dos outros diretores e vice-presidentes. Em gestões anteriores, integrou o departamento de marketing.

Affonso Renato Meira ocupa o cargo de diretor-secretário geral e não foi localizado pela reportagem. Em 2011, tomou posse da presidência da Academia de Medicina de São Paulo. Na ocasião, Juvenal Juvêncio o parabenizou: “Estamos certos de que toda a competência deste membro da família são-paulina será empregada para engrandecer ainda mais a Academia de Medicina”.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.