Goleiro da Católica enfrentou o Tricolor em partida com briga generalizada

Franco Costanzo tem boas e más lembranças do São Paulo. O ex-goleiro do River Plate era titular do clube argentino em duas semifinais épicas contra o time paulista: a da Copa Sul-Americana de 2003, em que o River venceu, e a da Copa Libertadores de 2005, em que o River foi eliminado.

O primeiro encontro é lembrado pela confusão generalizada que ocorreu ao final da partida no Morumbi. Após o São Paulo vencer o segundo jogo do confronto por 2 a 0 e levar o jogo para os pênaltis (partida de ida, 3 a 1 para o time argentino). Ao término do jogo normal, a confusão começou com o então lateral tricolor Fabiano, que partiu para cima de Gallardo. Esta briga é lembrada pela voadora que Luis Fabiano aplicou nas costas de um jogador argentino.

Em 2005, o arqueiro sofreu com o futuro campeão da América. Foram cinco gols sofridos em duas partidas semifinais. No primeiro jogo (2 a 0, no Morumbi), o capitão Rogério Ceni deixou sua marca de pênalti contra o argentino, apesar de ter ido bem na bola, o goleiro-artilheiro deixou sua marca.

Agora, após permanecer oito anos atuando na Europa, ele volta a atuar no futebol sul-americano. A Universidad Católica está na segunda colocação do Campeonato Chileno após oito rodadas do Torneo Apertura 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.