Goleada sobre La U livra Juvenal de explicar saída de Renê

Além de fazer a alegria da torcida, a goleada de 5 a 0 sobre a Universidad de Chile deve abafar o mal-estar criado no Morumbi com a saída de René Simões do comando das categorias de base.

O pedido de demissão deixou conselheiros e até diretores desconfiados de que o funcionário entrou em rota de colisão com o presidente. Foram ao Pacaembu ávidos por uma resposta. De acordo com a versão oficial, Simões saiu por questões pessoais.

Antes da partida, os descontentes diziam que o avanço na Sul-Americana faria o assunto cair no esquecimento. E da maneira como o time atropelou os chilenos é improvável que alguém se anime a cobrar Juvenal. Pelo menos nas próximas horas.

 

Do Blog do Perrone

2 comentários em “Goleada sobre La U livra Juvenal de explicar saída de Renê

  1. Que pena. Apostava no trabalho do Renê Simões para acabar com a palhaçada em Cotia. É muito dinheiro investido para pouco ou nenhum retorno. Tenho a impressão que o clube revela hoje tantos jogadores quanto revelava antes do projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*