Ganso espera por parceria com Kaká e dá recado a Pato

O inchaço que o setor de criação do São Paulo ganhou com a chegada do meia Kaká durante a intertemporada realizada durante a Copa do Mundo despertou a cautela em quem vai precisar mostrar a Muricy Ramalho que tem capacidade para garantir um lugar na equipe quando o ex-jogador da seleção brasileira estiver pronto fisicamente para entrar no time. É o caso de Paulo Henrique Ganso.

Oscilando entre os titulares e os reservas desde que chegou ao São Paulo, em setembro de 2012, Ganso tinha lugar garantido na equipe antes da paralisação do Campeonato Brasileiro para a realização da Copa. Mas, com a chegada de Kaká, começam as especulações de como o time será montado. E Ganso transfere a responsabilidade da decisão a quem é de direito.

“É o Muricy quem vai decidir se vou jogar ao lado dele. Ele quem decide a melhor escalação”, afirmou Ganso em entrevista coletiva concedida nesta segunda no CT da Barra Funda. “O Kaká jogar como titular é o que todos esperam, ainda mais porque ele só terá seis meses no clube e é um baita jogador. Espero poder jogar ao lado dele”.

Muricy Ramalho tem treinado o São Paulo no 4-3-3 para o jogo de quarta-feira, contra o Bahia, na Fonte Nova, com Rogério Ceni, Douglas, Rodrigo Caio, Antônio Carlos, Alvaro Pereira, Souza, Maicon, Ganso, Osvaldo, Ademílson e Alan Kardec. Sendo que Kaká só deverá estar liberado para entrar no time no dia 27 de julho, em jogo contra o Goiás, no Serra Dourada.

A previsão, entretanto, pode atrasar, já que o meia que deixou o Milan e ficará emprestado no São Paulo até começar a jogar pelo Orlando City-EUA, em janeiro de 2015, ainda precisa aprimorar a forma física.

A disputa por posições, aliás, vai ficar mais intensa ainda quando Luís Fabiano ganhar condições para voltar ao time. Afastado com uma lesão na coxa direita, o atacante pode voltar no dia 19, contra a Chapecoense, no Morumbi. E mexer na estrutura do ataque de Muricy Ramalho e diminuir ainda mais o espaço de Alexandre Pato no setor ofensivo.

Acostumado com as oscilações que já o tiraram do time titular, Ganso acabou dando uma espécie de recado e incentivo para Pato tentar buscar um lugar entre os 11 de Muricy.  “Quando não se está no time titular tem que treinar mais que os outros para, quando se tiver a chance, saber aproveitar”.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*