Ganso elogia São Paulo, mas desmente Laor e nega pedido para sair

Após o empate sem gols contra a Universidad de Chile, nesta quarta-feira, em Santiago, pela Recopa Sul-Americana, o meia Paulo Hernique Ganso não conseguiu deixar o estádio Nacional sem explicar uma possível transferência para o São Paulo. O camisa 10 declarou que está focado no Santos e, inclusive, desmentiu o presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, ao negar um suposto pedido para ser negociado.

“Nunca pedi, até por isso estou entrando em campo. Se fosse outro estaria como jogador chinelinho. Engano dele, eu nunca falei isso”, afirmou Ganso, que não esconde a satisfação de receber uma proposta do São Paulo.

“Um grande clube, de alto nível, é bom saber que tem grandes clubes interessados no meu futebol”, disse.

Ganso ainda citou que o Luís Álvaro o prejudica quando declara publicamente que só aceita negociá-lo pelo valor da multa rescisória.

“Valoriza, mas tem um pouco de quer complicar minha vida também. Mas tenho contrato com o Santos”, declarou.

 

Questionado pela reportagem da FOX Sports se chegou a um acerto com o clube do Morumbi, o camisa 10 negou o acordo e ainda ressaltou que pretende disputar o segundo e decisivo jogo da Recopa, em setembro, no Pacaembu.

“Não (acerto com o São Paulo), estou jogando pelo Santos, bem tranquilo com a cabeça boa, espero que continue assim. Quero estar presente e disputar mais um título para o Santos”, disse Ganso.

Ganso teve uma boa atuação no empate do Santos contra os chilenos. O meia, inclusive, quase marcou um golaço no primeiro tempo, quando aplicou um drible desconcertante no zagueiro e chutou para boa defesa do goleiro chileno.

“As melhores chances foram nossas, foi no primeiro tempo. Comigo e o pênalti do Neymar. Tivemos muitas oportunidades, mas agora é buscar no Brasil. Precisamos vencer por 1 a 0 no Pacaembu”, disse o camisa 10.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*