Força do ataque do São Paulo cai 50% no returno

O São Paulo enfrenta o Internacional neste domingo, às 16h, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. E para retomar o bom momento e seguir na briga pelo título, o Tricolor precisa fazer o ataque voltar a funcionar. A queda de rendimento do setor foi de 50%.

Se nas primeiras nove rodadas da competição, o São Paulo fez 14 gols, média de 1,55 por partida, no segundo turno o número caiu para sete, média de 0,77 por jogo.

A comissão técnica tem buscado melhorar o desempenho da equipe nas finalizações. Mas a queda de produção lá na frente também está ligada a um problema na criação de jogadas.

Além da ausência de Everton, que, com seguidas lesões musculares, fez apenas uma partida inteira neste segundo turno (contra o Paraná), Nenê também não conseguiu mais encontrar o bom futebol que ajudou a fazer o São Paulo líder na reta final do primeiro turno.

Apesar da má fase do time, Diego Souza continua sendo o destaque ofensivo do São Paulo — Foto: Marcelo Hazan

Apesar da má fase do time, Diego Souza continua sendo o destaque ofensivo do São Paulo — Foto: Marcelo Hazan

Outro indício que aponta para o baixo poderio ofensivo do São Paulo estar ligado à instabilidade na criação de jogadas é que Diego Souza, o centroavante da equipe, é o artilheiro nos dois períodos.

Quando a bola chega ao ataque, o camisa 9 tem feito o seu serviço. Nas nove primeiras rodadas da competição, ele fez quatro dos 14 gols. E agora fez três dos sete anotados pela equipe.

Diego Souza, com 14 gols na temporada, por sinal, é o artilheiro do time em 2018. Dez deles foram marcados no Campeonato Brasileiro, um na Copa Sul-Americana e outros três no Paulistão.

Veja as informações do São Paulo para a partida contra o Inter:

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre
Data e horário: 14/10/2018, às 16h
Escalação provável: Sidão; Bruno Peres, Anderson Martins, Bruno Alves (Rodrigo Caio) e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê; Rojas, Everton Felipe (Liziero ou Tréllez) e Diego Souza
Desfalques: Everton (estiramento muscular na coxa esquerda), Arboleda (seleção equatoriana), Luan e Igor Gomes (seleção brasileira sub-20)
Arbitragem: Braulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back (ambos de SC)
Transmissão: TV Globo para SP, SC, PR, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PE, CE (com Cleber Machado, Caio Ribeiro e Paulo César Oliveira) e Premiere e Premiere HD (com Luiz Alano e Sérgio Xavier)

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Força do ataque do São Paulo cai 50% no returno

  1. Isso se deve a erros constantes do Aguirre ao substituir o Everton colocando mais um jogador de defesa no time. Por que não colocar o Éverton Felipe ou o Shaylon pra jogar???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*