Fabrício diz que evolução da defesa só será comemorada com vitórias

O volante Fabrício foi reintegrado pelo técnico Paulo Autuori após ter sido afastado por Ney Franco em maio. Com o novo comandante, ganhou mais oportunidades e, contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, e diante do Bayern de Munique (ALE), na Copa Audi, foi titular da equipe. Mesmo com a evolução no setor defensivo, o jogador mantém os pés no chão e evita celebrar o fato.

– É sempre bom (evoluir no setor defensivo), mas não tem nada para comemorar ainda. Temos de comemorar títulos. É lógico que o time está evoluindo nessa parte defensiva, é bom, não podemos parar de evoluir, temos de evoluir ainda mais e agora é melhorar ainda a nossa parte ofensiva, que está incomodando ainda – declarou o jogador, após o treino no Estádio da Luz, palco do jogo diante do Benfica (POR), neste sábado, pela Copa Eusébio.

O São Paulo não vence há 14 partidas (recorde negativo de sua história) e, nos últimos seis jogos, não balançou as redes, igualando a pior marca do clube, que é de 1936. Além disso, no período, foram oito derrotas seguidas. No estádio do Morumbi, são seis consecutivas. Todos os números são os piores dos 77 anos do Tricolor.

Fabrício rechaça que a culpa por conta da seca de gols seja dos atacantes e acredita na melhora gradativa com a sequência de jogos e o entrosamento adquirido.

– Coitados dos atacantes, não depende só deles, depende da gente também, dos volantes, dos laterais… Não dá para atacar com só com os dois atacantes e com o meia. Temos de melhorar a parte ofensiva, para dar o apoio necessário para os atacantes marcarem os gols.

O volante ainda revela o incômodo do São Paulo com o mau momento e afirma que os jogadores tentam acabar com a série sem vencer para que a tranquilidade possa voltar.

– Incomoda o torcedor e nos incomoda também, mas a gente está em busca da vitória e temos tudo para vencer já no próximo jogo – completou.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.