Everton sofre com lesões e perde efetividade no São Paulo

Everton chegou ao São Paulo em abril do ano passado cercado de elogios. A contratação era vista como uma mudança de patamar do Tricolor no mercado e nas pretensões de um time que mostrava crescimento sob o comando de Diego Aguirre em 2018. O meia-atacante começou a trajetória pelo clube com números excelentes, empolgou a torcida, mas hoje vive questionado pelos números ruins e pelas frequentes lesões.

O último problema físico aconteceu no sábado, durante o empate por 0 a 0 com o Avaí, na oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Everton precisou deixar a partida ainda no primeiro tempo, acusando dores no músculo adutor da coxa direita. Foi a segunda lesão muscular nesta temporada, a quarta desde que chegou ao São Paulo.

Os problemas de Everton começaram em 26 de agosto do ano passado. Na ocasião, o Tricolor venceu o Ceará no Morumbi por 1 a 0 no Brasileirão, mas perdeu o camisa 22 com uma lesão na coxa esquerda. Até ali, Everton tinha 21 jogos pelo clube paulista, com cinco gols e seis assistências, além de ter sido desfalque só em três duelos, por suspensão ou questões burocráticas.

Depois disso, o São Paulo disputou mais 49 partidas, entre 2019 e 2019. O meia-atacante foi desfalque por lesão em 14 desses jogos, ou seja, perdeu 28,5% dos compromissos da equipe. O rendimento técnico também decaiu sensivelmente. Everton só fez dois gols e deu uma assistência nos últimos 31 confrontos.

A torcida, que antes o exaltava, hoje já o tem entre os nomes mais criticados. O mesmo aconteceu com os outros integrantes do “quarteto NERD”, formado por Nenê, Everton, Reinaldo e Diego Souza. O grupo, bastante próximo no dia a dia do clube, foi símbolo do São Paulo que liderou o Brasileirão do ano passado, pelas brincadeiras e dancinhas nas comemorações, mas depois se converteu em “panela” para os torcedores, quando o time passou a ir mal.

Diego já foi emprestado ao Botafogo e Nenê deve deixar o clube durante a pausa do Brasileiro para a disputa da Copa América. Reinaldo segue como titular e ainda criticado pela torcida. Everton, de volta ao departamento médico, faz parte de um ataque que só marcou um gol nos últimos seis jogos sem vitória do São Paulo.

Fonte: Uol

5 comentários em “Everton sofre com lesões e perde efetividade no São Paulo

  1. Tudo acontece no São Paulo. Jogador chega magro e fica gordo , sai e fica magro de novo . Vide Diego Souza e Casemiro . Aqui é pé mole , sai é Deus da raça . Vide Rodrigo Caio . Machuca uma vez e não se recupera nunca mais . Vide Everton e liziero . Jogador aqui não marca lateral , sai e joga onde mandarem , marcando lateral como se jogasse ali desde criancinha . Vide Jadson.

    • Então se presume que tem muita coisa errada na administração do Tricolor!

      Veja o Rodrigo Caio está jogando todos os jogos e não se machuca, já aqui….hummmmm, lastimável esse departamento médico que outrora já foi referencia mundial e hoje mais parece um SUS piorado!!

    • Time podre… preparação física rudimentar. O Carlinhos Neves está mais ultrapassado que tecnologia do Fusca. O Dep. Médico é incapaz de detectar que um novo contratado já chegou “podre” – vide Maicossuel, vide Everton… A administração do futebol é mais ridícula que a “namoradinha” do Neymar. Bando de eunucos… que só pensam em se tatuar… veja o tal de Liziero… joga uma e fica fora de 3, tem tempo de sobra para se tatuar… sua pele é mais rabiscada que caderno de criança. Esperar o quê desse bando de descomprometido???Quem tem que tirar férias somos nós torcedores… aliás, iniciei a minha no último sábado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.