Especulação sobre reforço para lateral estimula Paulo Miranda

Há tempos os técnicos que passam pelo São Paulo são forçados a remendar a lateral direita. É assim atualmente com Ney Franco, que, mesmo tendo Douglas como jogador de ofício da posição, encontrou em Paulo Miranda uma melhor solução provisória. Apesar de o improviso ter dado certo desde o semestre passado, a diretoria ainda busca um reforço. O nome da vez é Cicinho, da Ponte Preta.

A especulação em torno do jogador de 25 anos – que pode atuar também como ponta – cresceu no domingo, após a eliminação da equipe interiorana nas quartas de final do Campeonato Paulista. Uma primeira oferta já teria sido entregue aos dirigentes campineiros. Para Paulo Miranda, trata-se de uma injeção de ânimo.

“Não estou sabendo dessa possível contratação, mas procuro sempre trabalhar firme e forte. Surgiu essa oportunidade para mim na direita, mas sempre há concorrência. Já tem do Douglas e do Rodrigo Caio (volante que também joga improvisado), que são excelentes jogadores. Isso me motiva a dar algo a mais de mim e ser lembrado”, disse o camisa 13, nesta segunda-feira.

Mesmo sendo cada vez mais lateral, Paulo Miranda ainda integra a relação de zagueiros na página oficial do elenco e sonha com nova oportunidade como beque. A concorrência em seu setor de origem, no entanto, é bem maior: além dos titulares Lúcio e Rafael Toloi, o grupo conta com Rhodolfo, Edson Silva, além dos pouco aproveitados Luiz Eduardo e João Filipe.

“Está bastante concorrido nos dois setores. Eu só tenho que trabalhar e esperar a decisão do treinador durante as semanas. Como eu disse, a contratação de um jogador para a posição é motivação a mais para dar conta do recado”, concluiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*