São Paulo faz proposta por Cicinho, mas Ponte recusa e pede R$ 10 mi

O São Paulo fez uma proposta por Cicinho, da Ponte Preta, já recusada pela diretoria da Macaca. Pelo jogador de 24 anos, que atua na lateral direita e no meio de campo, o Tricolor ofereceu uma quantia em dinheiro e incluiu o zagueiro João Filipe e o lateral-esquerdo Juan na proposta. A Ponte Preta admite a oferta, mas só aceita vendê-lo pelo valor estipulado na cláusula de rescisão: R$ 10 milhões

– O São Paulo já havia demonstrado interesse no Cicinho em outra oportunidade. Fizeram uma proposta, mas que não nos agradou. Só isso. Foi há cerca de 20 dias – diz Márcio Della Volpe, presidente da Macaca.

Segundo a diretoria da Ponte, não é de interesse do clube negociar o jogador por valor inferior à multa, de R$ 10 milhões. A cúpula afirma que a oferta do São Paulo foi bastante abaixo do preço aceitável. Não houve interesse da Macaca, também, por João Filipe e Juan. O clube diz não querer atletas que não estão jogando com frequência, como a dupla são-paulina.

Tempo de contrato e salário não chegaram a ser discutidos entre o São Paulo e o jogador, mas Cicinho ficou animado com a possibilidade de se transferir ao Morumbi. A Ponte Preta detém 90% dos direitos econômicos do atleta, e os outros 10% pertencem ao jogador, que tem contrato até o fim de maio de 2015 – renovado no fim do ano passado. Cicinho é destaque do time desde o início de 2012, despertou interesse de outros grandes clubes, como Fluminense e Palmeiras, mas permaneceu em Campinas para a disputa deste Paulistão.

No São Paulo, o zagueiro João Filipe é atualmente a quinta opção para a zaga, e não vem sendo relacionado para as partidas. Juan, desde que voltou do empréstimo ao Santos, neste ano, treina no CFA de Cotia, longe do time principal.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*