Entenda por que o San-São é tão importante para Pratto

Após ter ficado 11 jogos sem fazer gols no Campeonato Brasileiro, Lucas Pratto reencontrou o caminho das redes nas vitórias do São Paulo sobre Atlético-PR e Flamengo.

Neste sábado, às 17h, novamente no Pacaembu, o camisa 9 tem a chance de marcar em clássico contra o Santos, único dos grandes paulistas que ainda não foi vazado pelo centroavante argentino.

Lucas Pratto enfrentou o Santos apenas uma vez. Foi na partida válida pelo primeiro turno do Brasileiro, em 9 de julho, na Vila Belmiro. O Peixe levou a melhor e venceu por 3 a 2, com três gols do colombiano Copete. O argentino teve participação direta no resultado, já que perdeu um pênalti no segundo tempo.

A “revanche” contra o rival da Baixada Santista chega justamente no momento de crescimento de Pratto. Não só pelos gols marcados, mas também pela participação do argentino em campo.

Ele perdeu a tarja de capitão para Hernanes, mas é um dos líderes da equipe. Taticamente, tem uma função importantíssima. Não à toa, é constantemente elogiado pelo técnico Dorival Júnior.

Com os últimos gols marcados, Pratto se isolou na artilharia do São Paulo na temporada, com 14, dois a mais que Gilberto. O centroavante tem atuado pendurado com dois cartões amarelos há nove partidas.

Ele havia recebido o segundo na 12ª rodada, contra o Santos. O terceiro veio sete jogos depois, contra o Cruzeiro, dia 13 de agosto. Só que ele acabou expulso na mesma partida, o que anulou a primeira advertência.

Por se tratar de um clássico, Lucas Pratto evitou os jornalistas nesta semana. Não concedeu entrevista coletiva e nem aceitou pedidos para exclusivas. Tudo para se concentrar e poder ajudar o Tricolor, ainda lutando para fugir do rebaixamento.
Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*