Em visita ao São Paulo, pais de Pato dizem torcer por permanência do filho

Se depender dos pais de Pato, ele seguirá como jogador do São Paulo, mesmo se conseguir liberação na Justiça em audiência que está prevista para esta semana. Foi isso o que os dirigentes e membros da comissão técnica são-paulina ouviram no último sábado, em Chapecó, onde o Tricolor enfrentou o time da casa e venceu por 1 a 0, assumindo a liderança do Campeonato Brasileiro.

O pai e a mãe de Pato visitaram a delegação do São Paulo no hotel , conversaram com o presidente Aidar e outros profissionais do clube. Chegaram a pedir desculpas por o atacante precisar acionar também o Tricolor no processo movido para quebrar o contrato com o Corinthians, que vence no fim de 2016 – ele está emprestado até dezembro de 2015.

Na ação movida contra Corinthians e São Paulo, Pato citou dez meses de direitos de imagem atrasados do Alvinegro e três do Tricolor – os clubes dividem os vencimentos do atleta, em R$ 400 mil cada. Os rivais quitaram os valores após o ato e aguardam parecer da Justiça, provavelmente na quinta-feira. Se conseguir decisão favorável, Pato ficará livre e poderá se transferir para qualquer clube, inclusive da Série A, pois ainda não completou o sétimo jogo na competição – isso acontecerá se ele entrar mais uma vez em campo.

No próximo domingo, o São Paulo enfrenta o Avaí, no Morumbi, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro e não poderá contar com Luis Fabiano, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Pato seria o substituto, mas é dúvida por conta do imbróglio na Justiça.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.