Em solo rival, Andrés elogia São Paulo, abraça Juvenal e ouve piadas

Acostumado a provocar e ser provocado pelos dirigentes do São Paulo, o ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, viveu uma manhã atípica nesta sexta-feira. Diretor de seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o cartola integrou comitiva da entidade que foi ao Centro de Formação de Atletas do São Paulo, em Cotia, onde a seleção ficará hospedada em setembro.

Em solo rival, Andrés elogiou a estrutura do São Paulo, abraçou o presidente do clube, Juvenal Juvêncio, e, é claro, ouviu piadas. “Agora a gente vai passar ali no vestiário para vestir o agasalho tricolor”, brincou um integrante do estafe da CBF na chegada ao CT. A reação de Andrés foi um sorriso amarelo e um “não” sinalizado com dedo indicador.

Com Juvenal Juvêncio, com quem já trocou farpas pela imprensa, Andrés fez questão de mostrar intimidade. Além disso, elogiou a estrutura do clube. “Me sinto honrado de estar aqui. Jamais deixaria de vir. Não temos o que vistoriar aqui. Sem conhecer, já tinha certeza que tinha uma qualidade excelente”, discursou, em coletiva organizada no hotel são-paulino, instalado em Cotia.

“Foi só o Andrés Sanchez sair que o Corinthians chegou à final da Libertadores”, provocou o cartola são-paulino. “Se alguém está feliz com a minha saída do Corinthians, esse alguém é o Juvenal”, respondeu Andrés. Provocações bem leves para alguém que já foi chamado de “analfabeto” e acusou o rival de “preconceituoso”.

Eliminado da Copa do Brasil e vendo o maior rival na final da Libertadores, o presidente do São Paulo foi perguntado se torceria para o Corinthians levar o título. “Não sei. Ainda não decidi. Vou pensar sobre isso”, despistou, arrancando gargalhadas dos cartolas e jornalistas presentes.

Após as brincadeiras durante a coletiva, Andrés e Juvenal se abraçaram. Depois, antes de ir embora, o são-paulino pegou o corintiano pelo braço e indagou: “Foi bom para você?”. “Excelente, pô!”, respondeu Andrés, ao lado de José Maria Marin, seu chefe na CBF, são-paulino e amigo de Juvenal.

Fonte: Uol

 

Nota do PP: Eles se merecem!

Um comentário em “Em solo rival, Andrés elogia São Paulo, abraça Juvenal e ouve piadas

  1. Paulo Pontes, quando ouvi na JP eu estava almocando e tive nauseas sobre esse encontro forcado pelo Marin, mas como voce disse: ” eles se merecem”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*