Ceni espera reposição após venda de dupla: “Mercado sempre oferece”

O atacante Luiz Araújo deve fazer sua despedida do São Paulo no jogo contra a Ponte Preta, domingo, às 16h, no Moisés Lucarelli, pela quarta rodada do Brasileirão. O Tricolor recebeu uma proposta de 10,5 milhões de euros (R$ 38 milhões) do Lille (FRA) pelo jogador de 21 anos.

O clube francês também ofereceu 8,5 milhões de euros (R$ 30,78 milhões) pelo volante Thiago Mendes. O técnico Rogério Ceni admitiu a possibilidade de saídas nesta janela de transferências, mas despistou ao falar que sabe apenas da chance de Luiz Araújo deixar o São Paulo.

– Eles não foram vendidos. Não tem como eu falar de uma coisa que não aconteceu. Eu gosto do Luiz, Júnior e Thiago. Eu desconheço as ofertas, então não posso falar. A do Luiz eu ouvi que parece que existe a oferta e a diretoria deve decidir nos próximos dias – afirmou Ceni, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.
– São só especulações por enquanto. Se alguma venda for feita, tenho certeza de que o São Paulo vai repor. O mais falado é o Luiz Araújo, o único que eu sei até agora que há a possibilidade de saída, mas não tem nada 100% definido – acrescentou.

Apesar de dizer que ainda não está definida, a negociação de Luiz Araújo está perto de ser anunciada pelo São Paulo. Dos R$ 38 milhões, o Tricolor teria direito a 70%, mas trata com o Mirassol para ficar com 80% do valor. O clube do interior tem os outros 30% dos direitos econômicos do atacante e deve aceitar diminuir sua parcela.

VEJA ABAIXO OUTRAS DECLARAÇÕES DE CENI SOBRE AS NEGOCIAÇÕES:

Como vê a possibilidade de uma debandada nesta janela de transferências?
Não acredito que saiam três jogadores de uma vez. Mas a possibilidade de se perder um atleta no meio do ano é sempre calculada pela direção e conversada entre a gente. Se houver a saída de algum jogador, que a gente possa repor o mais rapidamente possível.

O que sabe das negociações?
Até agora não sei nada, só as mesmas informações de vocês. Nenhuma definição foi passada para mim. Negociações são sempre especuladas nesta época do ano. O Thiago não está pronto para esse jogo, mas conto com o Luiz Araújo para a partida contra a Ponte. Só ouvi do Luiz Araújo, que foi muito importante nos últimos jogos. Não tenho nada oficial do clube e ele vai para o jogo.

O que fazer com essa situação?
Eu acho que a minha parte é a técnica em campo. Gostaria de contar com atleta por muito tempo, mas não posso dar essa opinião. O clube tem de saber suas necessidades e tocar sua vida. O atleta também vai pensar no seu futuro, é natural. O futebol brasileiro revela atletas e o Velho Continente se interessa pelos jogadores, não só do São Paulo.

O que fazer quando chegam ofertas tão altas?
Eu acho que há necessidade na maioria dos clubes brasileiros de ser efetuada no mínimo uma venda no ano para equilibrar as contas, e isso não é exclusividade do São Paulo. Tem algumas exceções só no Brasil. sempre trabalhamos com essa possibilidade, mas não posso dizer quando vai acontecer essa venda ou quantos jogadores sairão. Se algum atleta deixar o São Paulo, vamos ir no mercado rapidamente atrás de outro jogador.

 

Fonte: Lance

Nota do PP: Às 22h, no Jornal Tricolornaweb, você ouve, na íntegra, a entrevista de Rogério Ceni.

5 comentários em “Ceni espera reposição após venda de dupla: “Mercado sempre oferece”

  1. Clube lixo, vive de enrolar os otár…, quer dizer, torcedores. O cara prometeu não vender mais ninguém em janeiro. Agora faz um desmanche pior que o do Aidar. E tem quem apóie esse molenga conformado. Muito ruim essa diretoria incompetente em buscar novas receitas, que fechou um patrocínio master humilhante e aniquilou o ano do time em 2 de junho. Vamos ser rebaixados com estádio vazio. Ninguém vai ver nosso fim.

  2. A respeito do Fernando Bob eu também fui a favor de sua contratação, é um bom jogador de 29 anos e teria grande chance de dar certo. Mas pelo valor de 3 milhões e um contrato de 3 anos eu acho que a diretoria está certa em não aceitar em pagar também a dívida do Internacional com o jogador.
    O ano que vem ele já terá 30 anos e seu preço de revenda já será bem menor. Quem sabe a diretoria consiga trazer um outro nome não tão conhecido mas com as mesmas qualidades e em condições melhores.

  3. Não conseguimos trazer Fernando Bob. Vamos contratar quem? O que acontece é que nos é vender mais o Júnior Tavares também. Anos de obscurantismo, empáfia e, principalmente, ganância redundaram nisso. Impressionante. Estamos vivendo a pior fase desde os anos de construção do estádio; isto depois de sermos uma ilha de excelência e referência para todos os outros clubes.

  4. precisamos subir urgentemente o Murilo e o Paulinho( boia), para irem se acostumando no profissional, sáo dois atacantes extremamente velozes igual ao Luis Araujo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*