Elogiado e prestes a casar, Ganso supera tristeza no São Paulo

Elogiado e prestes a casar, Ganso supera tristeza no São Paulo Quando reencontrou Paulo Henrique Ganso no São Paulo, no início deste ano, Thiago Carleto não reconheceu o amigo. Não era o mesmo Ganso que havia conhecido havia quase uma década, no Santos. Ele estava cabisbaixo e, já no segundo jogo da temporada, foi parar na reserva. Meses depois, o meia se firmou entre os titulares e voltou a distribuir sorrisos no CT da Barra Funda.

“Fase ruim na vida, todos passamos. Ainda mais no futebol, que é um esporte de alto nível, de competição. Quando voltei do Fluminense, vi o Ganso triste, apesar de ele ser mesmo na dele. Mas ninguém nunca duvidou da sua capacidade, todos sabiam que ele daria a volta por cima”, contou o colega.

Reprodução/Instagram

Meia são-paulino tem divulgado fotografias dos preparativos de seu casamento, que será em maio

Durante a má fase, Ganso até se indispôs com o técnico Ney Franco. Substituído no decorrer de clássico contra o Palmeiras, externou insatisfação e atirou um copo d’água no banco de reservas. O problema foi superado e, pouco depois, um novo esquema no meio-campo, com ele ao lado de Jadson, enfim funcionou.

 

Na quarta-feira passada, na ausência do camisa 10 e também de Luis Fabiano, o ex-santista chamou a responsabilidade e teve atuação elogiada por todos, principalmente pelo capitão Rogério Ceni, que, no começo do ano, havia cobrado dele maior doação.

“Ele armou, segurou (o jogo) e provou que vale R$ 24 milhões. Hoje ele jogou pra c… Pode dar a batuta, porque ele foi nosso maestro. O cara que vale tudo isso é diferente, e o diferente às vezes aparece”, enalteceu o camisa 1.

Desde que retomou espaço no time e confiança, tem sido comum vê-lo brincando nos treinamentos, algo raro até então. Nesta terça-feira, ao fim da atividade no gramado, tirou sarro de seguranças que, mais do que guardar o caixa eletrônico do CT, tietavam as estrelas do elenco. “Deve ter bastante dinheiro aí, porque vocês estão aqui desde as nove horas”, caçoou.

Outro motivo para sorrir é a felicidade em casa. Vez ou outra, ele ou a noiva publicam, em redes sociais, fotografias dos preparativos do casamento, a ser realizado no próximo mês. Seja de traje matrimonial ou com a camisa 8 do São Paulo, ele está cada vez mais em alta.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*