Elenco nega influência de reunião no triunfo sobre o Vitória

Há quem relacione a reunião entre torcedores, comissão técnica e diretoria, que aconteceu na última semana no CCT da Barra Funda, com o triunfo do São Paulo sobre o Vitória em Salvador. Depois do tenso encontro, que, no entanto, terminou de maneira bastante civilizada, o elenco comandado por Dorival Jr fez o dever de casa e iniciou a semana mais aliviado por conta da conquista dos três pontos. Petros, um dos líderes do grupo, reforçou a importância do apoio recebido e até mesmo brincou com a situação.

“Falei depois da reunião que o torcedor tem sido nosso combustível, e os torcedores que vieram aqui estavam representando os 20, 25 milhões de torcedores que nos apoiam por todo o mundo. Tudo o que for positivo nesse momento tão difícil é bem-vindo. A gente fica muito feliz e se essa for a fórmula, que eles venham toda semana para a gente poder vencer”, disse Petros.

“Mas a gente sabe que não é isso. Sabemos que é trabalho, dedicação e persistência [que vão nos tirar da zona de rebaixamento]. Sabemos que vamos ser coroados com uma vitória, porque a gente vem trabalhando bastante”, completou.

Elenco são-paulino realiza sua preparação para o importante clássico contra o Corinthians no próximo domingo, no Morumbi (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Hernanes, por sua vez, revelou que encontros como o que aconteceu na última semana já haviam ocorrido com ele no período em que atuou no futebol italiano. Embora tenha sido um dos porta-vozes do elenco na reunião, o Profeta minimizou o episódio e se posicionou sobre o que realmente fez com que o São Paulo voltasse a vencer no Campeonato Brasileiro.

“Até na Inter já tinha tido esse tipo de reunião. Nos grupos que eu estive, desde a base, que tinha muita conversa, nunca tinha resultado. Reunião não resolve. Em uma situação que a gente estava, é normal termos reunião. Mas não que isso possa trazer benefícios. Futebol não tem mágica, é o tapete verde que manda. O que faz a diferença no futebol é o fato de o cara vir aqui e treinar bem, se alimentar bem, descansar bem. O resto é conversa furada”, disse Hernanes.

Com o triunfo sobre o Vitória no último domingo, o São Paulo subiu duas posições na tabela e agora figura na 17ª colocação com 27 pontos. Para, enfim, sair da zona de rebaixamento, o Tricolor precisa vencer o líder do Brasileirão, o Corinthians, no clássico do próximo domingo, no Morumbi. Por conta do confronto entre Chapecoense e Ponte Preta, a equipe de Dorival Jr depende apenas de si para escapar do Z4.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.