‘É o único diferente e vamos desistir?’, diz Muricy sobre Ganso

Paulo Henrique Ganso saiu de campo na vitória do São Paulo por 1 a 0 sobre o San Lorenzo (ARG) na noite da última quarta-feira sob fortes vaias da torcida no Morumbi. O técnico Muricy Ramalho reconheceu que a atuação do camisa 10 não foi das melhores, mas fez um apelo baseado no talento que todos enxergam no meia revelado pelo Santos.

– Ele (Ganso) sabe que tem minha sala, que tenho experiência de vida. São seres humanos e a gente procura sempre ajudar. Enquanto ele estiver correndo como correu… Pode ser que não seja o jogo dele, mas é o único cara que a gente tem de diferente e vamos desistir? Tem de entender ele, incentivar. A gente tem que ver o que o jogador está fazendo, se dedicando – defendeu o treinador.

Na saída do gramado, Ganso praticamente ignorou a atitude da torcida. O Maestro preferiu dizer que qualquer atleta que fosse substituído enquanto o jogo estivesse empatado seria vaiado e Muricy até deu certa razão. O comandante são-paulino só quer mais compreensão com o momento de um dos atletas mais importantes na temporada passada.

– Ele começou jogando livre, depois arrisquei como segundo volante, mas estava cansado. Tem muito crédito, passa bem a bola, é diferente, não pode deixar alguém desse nível fora. Tem de entender que é ser humano, diversas vezes encostei nele, mas ele é um pouco reservado. A gente tem que respeitar isso, e eu respeito muito o jogador – ressaltou.

Fonte: Lance

17 comentários em “‘É o único diferente e vamos desistir?’, diz Muricy sobre Ganso

  1. O caso do Ganso no São Paulo é muito fácil de resolver, basta o treinador fazer o que fala, colocar em campo aquele que estiver melhor e pronto. Não acho correto o critério de que craque tem que jogar, tem que jogar se estiver melhor e não me esquecendo produzindo mais que o reserva para o time.

    • E digo mais, esta estoria do Ganso de segundo volante nada mais é para abrir uma vaga na frente, o Centurion é muito caro para ficar na reserva, vai haver pressão, é o jeito do Murici agir, ele não lança um papo do nada se não tiver um objetivo para aquilo. Ele vem agindo assim de longa data.

  2. A entrada do Boschilla foi para queimar o Ganso, mas o tiro saiu pela culatra: o menino se movimentou, deu passes e amarrou a bola nos pés depois do gol, ganhando preciosos segundos.

  3. Tambem achei sacana a substituicao do ganso no finalzinho para desviar as vaias dos seus queridinhos, LFP, Denilson , RC, e com a saida do Pato o jogo do Ganso prejudicou-se muito e se tinha que substitui-lo ja o deveria ter feito faltando 20 minutos e coitado do Bonchilla 5 minutos para jogar, incrível a incompetência desse que se julga o melhor que ali é trabalho, para mim um trabalho mal feito, ganhamos sim, por muita insistência e vontade de alguns jogadores, mas só isso nao sera suficiente.

  4. Ainda estou esperando pra ver esse Ganso craque que muitos afirmam. Em todo este tempo que vem jogando no SP, vejo um jogador comum, tipo tantos Cajas da vida. Espero ter tempo pra ver o “craque Ganso” tão cantado por jornalistas e fãs…

  5. Culpa do ganso estar assim é do proprio treineiro que insiste que ele tem que voltar para ajudar, tem que ser volante e meia, mas ele nao entende que ele nao sabe marcar e nao pode ficar voltando para fazer a funcao de volante, isso mata seu futebol, mata o time e as vaias sao de torcedores que nao entendem nada de futebol que protege o LFP que esse sim nao fez nada, o artilheiro dos gols inuteis que ontem nao fez para ajudar o time, e o que ele sabe fazer muito é ficar impedido.
    Enquanto nosso treineiro nao deixar o Ganso jogar aonde ele joga mais vai ser isso sempre.
    E Muriçoca acorda ou nosso tao sonhado meia sera jogado no lixo pq vc faz a cagada e torcidinha cai na sua.

  6. Se o Muricy não quer queimar ele, pq tirou o Ganso faltando dois minutos pra acabar o jogo e ainda empatado?
    E não sei o que está passando na cabeça do Murici.

    • O jogo estava acabando e a torcida desgostosa, insatisfeita com o placar. Prevendo que o reflexo disso recairia sobre ele, Muricy agiu de forma sorrateira. Sacou o PH há 4 minutos do final porque sabia que ele seria vaiado, como foi. Com isso desviaria a insatisfação para o maior nome do plantel. Foi uma atitude sacana mesmo. Deplorável…mas deu sorte, por em seguida saiu o gol e tudo acabou bem, menos para o PH, que deveria ter sido substituído aos 20 do segundo tempo…

  7. O povo esta metendo o pau no Ganso, mas acho que ainda não está na hora de coloca-ló no banco. Não estou justificando mas o Luís Fabiano chegou em todas as bolas atrasados, o cara não movimenta não da opção de passe, fica difícil para o armado fazer o passe. Os volantes estão muito preso atrás ninguém chega para fazer uma tabela com o cara, é difícil para Ganso. Olha o Centurion, tanto que ele deu mas movimentação ao time, agora imagina ele e o Pato no ataque! Se nos classificamos e com todos os jogadores a disposição o time será outo (Wesley-R.Caio-Breno).

    • Respeito sua opinião amigo, mas não está mesmo na hora…já passou da hora. Três anos de clube e não jogou regularmente bem para justificar o investimento. Sim, o cara é craque. Mas não está rendendeo, seja por questão tática ou por ele mesmo.
      Não tem que desistir, mas tem que faze-lo acreditar que não tudo isso que ele mesmo acha que é por que não está sendo.
      Tomara que venha uma luz e ele volte a jogar o que jogou no Santos.

      • Amigos… cada jogo tem sua história… Ontem o PH estava mal e deveria ter substituído aos 20 do segundo tempo, na pior da hipóteses. Contudo, eu ainda não o remeteria a reserva, pois não vejo ninguém em condições de substitui-lo.

    • Concordo com suas colocações sobre Ganso e LF, repito que gostaria de ver Ganso; Michel; Centurion e Pato juntos, creio que pode ser uma boa alternativa em muitos sentidos, não só pelo alto nível técnico deles como pela rapidez de raciocínio, velocidade e eficiência, melhoraria, por incrível que possa parecer, inclusive nosso sistema defensivo.
      Quanto ao Ganso especificamente, lembremo-nos que sua em melhor fase tinha Neimar e Robinho exigindo dele coloca-los sempre em situação de gol e faziam isto com as mesmas virtudes acima mencionadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*