É difícil o São Paulo vender o Luis Fabiano e eu, diz Osvaldo

Osvaldo, jogador mais acionado no São Paulo nos momentos de dificuldade ofensiva nesta temporada, prefere ficar. A mudança para o Metalist ou o Shakhtar Dontesk, ambos da Ucrânia, só ocorrerá em um caso excepcional.

“Eu desconheço as propostas, não vi contrato. Estou feliz aqui. Minha cabeça está focada no São Paulo. Tenho contrato até 2015 e quero permanecer. Tenho o objetivo de conquistar um Brasileiro. Mas se for algo irrecusável, a gente vai sentar e estudar”, disse o atacante.

Osvaldo está desde o início do ano passado no São Paulo, que pagou R$ 4,6 milhões ao Ceará por 50% dos direitos econômicos.

“Acho que a diretoria quer manter. É difícil vender o Luis [Fabiano] e eu. Estamos bem”, declarou o atacante, manifestando opinião sobre uma suposta saída também de seu companheiro ataque.

Pela equipe tricolor, Osvaldo ganhou a Copa Sul-Americana em 2012. Ele chegou à seleção brasileira, por pouco não foi convocado para a Copa das Confederações, mas não se mostrou frustrado.

“Há muitos jogadores bons na minha posição. Eu tive duas oportunidades, tentei dar o melhor e estou tranquilo. Vou buscar meu espaço cada vez mais”, comentou.

O São Paulo vendeu Marlos para o Metalist no início de 2012. A equipe ucraniana conta ainda com os brasileiros Fininho, Edmar, Cleiton Xavier e Willian.

Já o Shakhtar acabou de acertar por R$ 112 milhões a saída de Fernandinho para o Manchester City, na Inglaterra. O time está com os brasileiros Ilsinho, Douglas Costas, Alex Teixeira, Alan Patrick, Luiz Adriano, Maicon e Taison.

 

Fonte: Folha de S. Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.