Dorival vê SP no caminho certo: “Com dez dias de treino não existe milagre”

O São Paulo bateu o CSA por 2 a 0, pela segunda fase da Copa do Brasil, no estádio Rei Pelé, em Alagoas. Agora, vai enfrentar o CRB na terceira etapa do torneio de mata-mata.

Depois de ser ameaçado no primeiro tempo diante do CSA, o Tricolor dominou a partida no segundo tempo e fez os gols com Nenê e Cueva, de pênalti.

Questionado sobre se a atuação da equipe na segunda metade da partida serviria para amenizar as críticas sobre o desempenho do São Paulo, Dorival disse o seguinte:

– Não vejo um time do Brasil sem críticas. Acho que o time tem produzido muito bem. O imediatismo do país impressiona. Temos de trabalhar sem dar importância para isso. Um jogo como o de hoje (quinta) mostra tudo isso. As dificuldades do primeiro tempo e a mudança para a segunda etapa. As críticas vão acontecer. Com 10 dias de treino não existe milagre. Se tem alguém a ser criticado não são os jogadores. Estamos no caminho certo. Vamos fazer um bom Paulista e uma boa Copa do Brasil – afirmou.

De acordo com Dorival, os gols do Tricolor surgiram em jogadas treinadas no dia a dia no CT da Barra Funda.

O treinador explicou sua visão sobre a diferença de rendimento do São Paulo nos dois tempos diante do CSA.

– Não é lentidão. A marcação estava toda lá atrás. Eram dez jogadores para ultrapassar e chegar ao gol. Erramos nos passes. Quando acertamos a movimentação, o Diego saindo e alguém entrando no corredor, com uma marcação individualizada, começamos a atacar o espaço e a criar uma nova condição para o time. As triangulações não se completaram porque não tinha a penetração. O primeiro iniciava a jogada, o segundo saia e o terceiro não fazia a movimentação, que foi o que aconteceu no primeiro gol, com a triangulação. O primeiro tempo foi muito disputado.

Classificado para a terceira fase da Copa do Brasil, o São Paulo enfrentará o Santos, domingo, às 17h, no Morumbi. O clássico será válido pela oitava rodada do Paulistão.

Fonte: Globo Esporte

8 comentários em “Dorival vê SP no caminho certo: “Com dez dias de treino não existe milagre”

  1. Não entendo essa torcida tão grande mais tao implicante, deixa o cara trabalhar, a 6 partida o time não toma gol isso é resultado que não tivemos ano passado, a tabela tá corrida são campeonatos importante, gente nova entrosamento, futebol não é mágica e jogado. #SPFC parabens pela vitória.

    • Apenas um pequeno detalhe: esse treinador já está no cargo há mais de seis meses. Tempo suficiente para mostrar mais serviço do que vem demonstrando. Mr. Paciência só sabe dizer que temos que aguardar mais para sentir uma melhoria no futebol jogado pelo time. Até quando? Gostaria que me desse um prazo. Em qualquer empresa, até nas desorganizadas, são estabelecidos metas e prazos para atingi-las. Temo que quando acabar o Paulistinha, com mais uma decepção, eu tenha que continuar ouvindo que o time está evoluindo. Como assim, cara-pálida!?

  2. Sidão, Militão, B.Alves (já estava treinando ano passado) R.Caio e Reinaldo (2018).
    Jucilei, Hudson (2018), Cueva, Nenê (2018), MG, D.Souza (2018).
    Será que o Dorival não deixou nenhuma base de 2017 já que do time titular apenas 3 jogadores chegaram neste ano?
    7 jogadores estavam no time titular do ano passado.
    Será que era o Hernanes que fazia toda a diferença no ano passado, não só pelo futebol mas pela sua presença??

    Precisa melhorar muito Dorival, ao menos os últimos 4 resultados foram melhores que o futebol apresentado nesses jogos.

  3. Eu gostaria que o Dorival tivesse 2 meses de pré temporada para treinar o time. Penso que o São Paulo se tornaria mais top que o Barcelona nos melhores tempos.
    Toda entrevista coletiva ele alega que o time não está jogando bem por falta de tempo para treinar. Tá ficando até feio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*