Dorival joga para a diretoria a decisão sobre o retorno de Cueva

Dorival Júnior deixou a situação de Cueva nas mãos da diretoria do São Paulo. Questionado após a vitória por 1 a 0 sobre o Madureira, nesta quarta-feira, em Londrina, sobre o aproveitamento do peruano contra o Botafogo, sábado, no Morumbi, ele disse o seguinte:

– Eu vou contar com o Cueva a partir do momento em que a diretoria achar conveniente. Foi uma situação que foi provocada pelo Cueva, não pela diretoria, comissão ou jogadores. E a hora que a diretoria achar conveniente, ele está treinando bem e a partir do instante que a diretoria der o “ok”, o Cueva poderá ser integrado e atuar normalmente – disse Dorival.

O peruano não foi relacionado para os últimos três jogos do Tricolor: contra Mirassol, Corinthians e Madureira.

Dorival preferiu não comentar sobre a possibilidade da contratação de Valdívia, emprestado ao Atlético-MG pelo Internacional. O Tricolor tem interesse no jogador.

– Não vou falar em cima de hipótese. O dia em que for finalizado eu posso falar. Dois jogadores que vieram, o Nenê e o Tréllez, para qualificar o grupo. Nenê eu já conheço desde o inicio. Estava no Jundiaí quando ele estava lá. E o Tréllez fez um bom campeonato brasileiro e vem pra ajudar também – afirmou o treinador.

Defesa de Edimar

As vaias da torcida do São Paulo para o lateral-esquerdo Edimar não foram bem aceitas pelo técnico Dorival Júnior. Após a vitória sobre o Madureira, nesta quarta-feira, em Londrina, pela primeira fase da Copa do Brasil, o treinador disse que não vai escalar a equipe de acordo com o pensamento do torcedor.

– Não vou tirar um jogador porque o torcedor se manifesta contrário. Jamais. Isso é muito simples para um treinador, entregar o jogador para o que querem. O jogador vai readquirir confiança atuando. Tem de ser dessa maneira. Não posso como um comandante no primeiro momento negativo jogar um garoto desse para o que todos esperam. Jamais vou fazer isso – afirmou.

Edimar recebeu vaias ainda no primeiro tempo da partida no Paraná. Em seguida, começaram os gritos de “Reinaldo, Reinaldo”, reserva imediato da posição. Para piorar, o titular errou um passe na defesa e quase originou o gol de empate do Madureira.

– No momento adequado faço alteração. O Edimar teve bons momentos, poderá voltar a ter, desde que haja paciência. Reinaldo e Júnior estão brigando por posição – explicou Dorival.

Jogo 

O técnico Dorival Júnior admitiu que o desempenho foi aquém do esperado, mas lamentou que os torcedores estejam pressionando a equipe já neste início de temporada. Segundo o treinador, o time entrou na “ansiedade” da torcida, que não “sabe o que acontece no dia a dia” e cobra resultados a qualquer custo.

“Entramos na ansiedade do torcedor, que espera uma atuação melhor, além do resultado. (A pressão) É um somatório do que vem acontecendo nos últimos anos. O torcedor não sabe o que se passa no dia a dia”, afirmou, antes de prosseguir: “Quem não tem paciência infelizmente não pode conviver com o futebol. Tudo vai acontecendo por etapas e o São Paulo está preparando situações positivas”.

Dorival admitiu que cedeu e mudou o planejamento inicial que havia traçado para esta temporada. Diego Souza e Anderson Martins, por exemplo, foram titulares pelo terceiro jogo seguido, mas deveriam ter estreado apenas nesta quarta: “É um absurdo as pessoas ignorarem isso e cobrarem um desempenho bom com apenas 12 dias de trabalho (até as competições começarem)”.

O treinador alegou que alguns jogadores sentiram a maratona de jogos deste começo de ano e que aguarda a regularização dos reforços Nenê e Tréllez para pensar em uma formação para o jogo de sábado, às 17h, contra o Botafogo, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

3 comentários em “Dorival joga para a diretoria a decisão sobre o retorno de Cueva

  1. Suas más escolhas, como é o caso da lateral esquerda onde esse Edimar deveria ser a terceira opção, é que queima os jogadores. Outra coisa, existe um planejamento para que o Brenner venha se posicionando em campo da forma como ele faz hoje?
    Sei não… parece continuação daquela novela de horrores que foi a temporada passada.

  2. EU ACHO QUE TÁ NA HORA DO LORIVAL JUNIOR SUMIR DO CLUBE,JÁ TÁ EMPURRANDO COM A BARRIGA O CASO CUEVA,JÁ VIROU NOVELA DA GLOBO,É MUITA CRIANCICE PARA UM TÉCNICO COMANDAR O ELENCO TRICOLOR,ACORDA LECO,POIS RAÍ/RICARDO ROCHA ESTÃO EM CIMA DO MURO,PORRADA NELES ANTES QUE SEJA TARDE !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*