Dor impede Luis Fabiano de participar de encontro com atletas

Dos quatro jogadores do São Paulo que aderiram ao movimento de reivindicações à Confederação Brasileira de Futebol, apenas três (o goleiro Rogério Ceni, o volante Fabrício e o meia Jadson) foram ao encontro marcado para a tarde desta segunda-feira, na capital paulista.

Quem não participou foi Luis Fabiano. Segundo o clube, o atacante sofreu uma pancada (em local não especificado), na derrota de domingo para o Grêmio, e ficou em tratamento no Reffis. A princípio, no entanto, vai para a partida contra o Santos, na quarta-feira, na Vila Belmiro.

Nesta tarde, foram a campo apenas os jogadores que não atuaram como titulares contra o Grêmio. Por conta da reunião previamente agendada para esta tarde, Fabrício compensou sua ausência reapresentando-se pela manhã, no CT da Barra Funda.

Denominado Bom Senso FC, o movimento, que contou inicialmente com assinatura de 75 atletas das séries A e B do Campeonato Brasileiro, pede mudanças no calendário de jogos das próximas temporadas. Pretende também discutir salários atrasados, gramados de baixa qualidade e outros problemas do futebol brasileiro.

Ceni, Fabrício e Jadson voltarão a treinar com o restante do elenco na tarde de terça-feira, véspera do clássico com o Santos, na Vila Belmiro. Se estiver livre das dores, Luis Fabiano também estará em campo no dia em que o treinador define a escalação e geralmente são disputados rachões.

Com as derrotas seguidas para Goiás e Grêmio, o São Paulo estacionou nos 27 pontos ganhos, apenas dois acima da zona de rebaixamento.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Dor impede Luis Fabiano de participar de encontro com atletas

  1. Por que um jogador em fim de carreira iria participar de movimento em prol de seus colegas? Se ele fosse tão solidário assim, não teria tratado de prorrogar seu contrato com aditamento de salário, enquanto seus colegas estavam trabalhando na Europa e Japão. A notícia não especifica o local da pancada, mas para mim o local foi a VONTADE, coisa que tem lhe faltado inclusive para defender o clube que paga seu alto salário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.