Do mesmo modo de Guardiola, Milan busca revanche contra o São Paulo

O São Paulo foi derrotado pelo Bayern de Munique (ALE) por 2 a 0, na Copa Audi. Além de ver os seus comandados vencerem, o técnico Pep Guardiola conseguiu a revanche em cima do São Paulo. O espanhol estava na equipe do Barcelona (ESP) que perdeu o Mundial de 1992 para o Tricolor. Nesta quinta-feira, o Milan (ITA) também pode se “vingar”.

Em 1993, o Tricolor venceu a equipe italiana por 3 a 2, na decisão do Mundial, e faturou o bicampeonato. Sob o comando de Telê Santana, o clube do Morumbi contou com gols de Palhinha, Toninho Cerezo e de Muller, após a bola bater nele e entrar. A equipe italiana tinha grandes jogadores na época, mas não foi páreo para o time paulista.

Muito diferente dos times daquele tempo, Milan e São Paulo disputam a terceira colocação no torneio de pré-temporada organizado pelos alemães. Sem vencer há 13 jogos (o recorde negativo sem vitórias), o Tricolor busca a reabilitação. No campeonato nacional, está na zona de rebaixamento, com nove pontos. Já o rossonero está desfalcado de seus principais atletas, casos dos atacantes Balotelli e Robinho e do meia Montolivo.

Guardiola obteve sucesso em sua revanche. Nesta quinta-feira, o Tricolor tentará evitar que outro time se vingue e, além disso, ganhar confiança derrotando um dos gigantes europeus para sair da situação incômoda.

Confira a ficha técnica da decisão do Mundial de 1993:

FICHA TÉCNICA
MILAN (ITA) 2 X 3 SÃO PAULO

Local: Estádio Nacional de Tóquio, em Tóquio (JAP)
Data: 12/12/1993
Público/Renda: 62 mil pagantes/ US$ 2.000.000,00
Árbitro: Joël Quinou (FRA)
Assistentes: Park Hae Yong (KOR) e Yamaguchi Morihisa (JAP).

GOLS: Palhinha, aos 19’/1T (0-1); Massaro, aos  3’/2T (1-1), Toninho Cerezo, aos 14’/2T (1-2), Papin, aos 36’/2T (2-2) e Muller, aos 41’/2T (2-3)

MILAN: Rossi; Panucci, Baresi, Costacurta e Maldini; Albertini (Orlando, 34’/2T), Desailly e Donadoni; Massaro, Papin e Raducioiu (Tassotti, 34’/2T). Técnico: Fabio Capello.

SÃO PAULO: Zetti; Cafu, Válber, Ronaldão e André Luiz; Doriva, Dinho, Toninho Cerezo e Leonardo; Palhinha (Juninho Paulista, 19’/2T) e Muller. Técnico: Telê Santana

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.