Dispensado pelo São Paulo, Milton Cruz visitou Real, Barça e PSG

No final do mês do último mês de março, após mais de 20 anos de clube, o São Paulo anunciou a dispensa de Milton Cruz. Um dos convidados do programa Mesa Redonda do último domingo, ele contou que aproveitou para visitar alguns dos principais clubes da Europa recentemente.

No Real Madrid, Milton Cruz foi recebido pelo volante Casemiro e pelo ex-jogador Roberto Carlos, diretor de relações institucionais do clube. “Foram muito gentis quando estive lá. O (técnico) Zidane foi super bacana. Saímos para jantar e conversamos. Ele me deixou à vontade nos treinos para perguntar e filmar. Foi muito legal”, contou.

No Barcelona, os brasileiros Daniel Alves, Adriano e Douglas recepcionaram Milton Cruz. Durante a passagem, o profissional teve a oportunidade de conhecer o bem-sucedido trabalho desenvolvido pelo clube catalão nas categorias de base ao longo dos últimos anos.

“Eles trabalham em cima do mesmo sistema de jogo, porque quando precisa, já vão na base e buscam um jogador para determinada função. Fazem um trabalho muito interessante. Para mim, foi muito proveitoso o tempo que fiquei lá”, contou Milton Cruz.

Durante sua recente excursão pela Europa, o ex-profissional do São Paulo Futebol Clube ainda aproveitou para passar por Paris Saint-Germain e Atlético de Madrid. “Foi legal. Tem muita coisa para se ver e aprender”, resumiu Milton Cruz.

Atacante do São Paulo de 1975 a 1979, Milton Cruz retornou ao clube para desempenhar diferentes funções. Além de trabalhar como auxiliar de técnicos como Carlos Alberto Parreira, Muricy Ramalho e Paulo Autuori, atuou também na observação de novos talentos. Como atleta e membro da comissão, passou mais de 20 anos no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Dispensado pelo São Paulo, Milton Cruz visitou Real, Barça e PSG

  1. Sera que aprender de verdade alguma coisa, pq aqui no sao paulo em todos os anos que aqui esteve nao aprendeu nada, pq se o tivesse nao teria sido mandado embora e talvez ja tivesse empregado como um treinador de time grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.