Diretor do São Paulo fala em resgatar Lucão para evitar ‘novo Casemiro’

Se boa parte da torcida não quer ver o zagueiro Lucão nem pintado de ouro, há no São Paulo quem ainda acredite no potencial do jovem de 20 anos. Faz parte dos planos do diretor-executivo Marco Aurélio Cunha recuperar o jogador formado nas categorias de base e que caiu em desgraça após falhas neste ano.

A ideia de Marco Aurélio é evitar que o zagueiro vire um novo Casemiro.
Também formado em Cotia, o volante foi vendido ao Real Madrid (ESP) em 2013, quando era alvo de críticas da torcida. Mas hoje é titular da equipe e da Seleção, caindo nas graças dos técnicos Zidane, do clube espanhol, e Tite, do Brasil.

– Não vou abrir mão nunca de um jogador de nível técnico do Lucão, embora sua análise com a torcida seja ruim. Mas não posso me dominar só pelo que a torcida analisa, tenho que analisar por potenciais. Todo jogador tem de ter mais uma oportunidade e com paciência. Veja quantos jogadores o São Paulo não soube esperar e depois deram a volta por cima. O próprio Casemiro é um exemplo. Não podemos fazer do Lucão um novo Casemiro – afirmou Cunha, em entrevista exclusiva ao LANCE!.

Com a lesão de Breno, Lucão até foi titular no início deste ano, mas se complicou após falhar contra o Corinthians na Arena, pelo Campeonato Paulista. O jovem atrasou uma bola de maneira bizarra e enganou o goleiro Denis, deixando Lucca livre para abrir o placar na vitória corintiana por 2 a 0. A partir daí, boa parte da torcida passou a persegui-lo e não demorou para o garoto perder o lugar no time. Atualmente, é a sexta opção para o setor, atrás de Maicon, Rodrigo Caio, Lugano, Lyanco e Douglas. Mas para Marco não é o fim da linha.

– Ele pode voltar a ter oportunidade. Na escola desses grandes zagueiros, como Lugano, Maicon, pode aprender e corrigir pequenas coisas. Lucão passou por todas as seleções de base, como Casemiro. Será que todos estão errados? Na hora que fraquejou, a gente torce e joga fora? – decretou o dirigente.

Lucão chegou a ser envolvido na compra de Maicon do Porto (POR), mas preferiu permanecer no São Paulo para dar a volta por cima. Ele soma 79 jogos pelo Tricolor e dois gols. Este ano, disputou 11 partidas, três pelo Brasileiro.

O CASO CASEMIRO

O Surgimento
Campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2010 ao lado de Lucas, hoje no PSG (FRA). Visto como um dos grandes talentos da geração, foi alçado ao profissional pouco tempo depois por Ricardo Gomes.

Casemiro - Real Madrid
Casemiro no Real Madrid (Foto: ODD ANDERSEN)

………………….
Extracampo
Apesar de boas atuações, Casemiro teve dificuldade para se firmar. Complicou-se com problemas fora de campo. Um de seus empresários chegou a comprar um despertador para o volante não se atrasar nos treinos. A torcida passou a persegui-lo por isso.
…………………
Real Madrid
Emprestado em janeiro de 2013, o volante foi comprado em junho por 6,5 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões).

Fonte: Lance

7 comentários em “Diretor do São Paulo fala em resgatar Lucão para evitar ‘novo Casemiro’

  1. CAsemiro aqui no sao paulo era um jogador mediano nada mais e nao faltou oportunidade, ele nao queria mais jogar, era o que aconteceu com o jadson e agora com Migué Basto nao quer jogar bola no sao paulo e nao é pq a torcida fez aquela babaquice no CT, no time das galinhas as coisas sao piores que essa que aconteceu em nosso CT, o que nao pode é vender para um time brasileiro a nao ser que venha um jogador muito bom em troca caso contrario vende para China bem longe daqui.
    O caso do Lucao pode ate ser que saiba jogar alguma coisa, mas ate agora nada, nem no time de baixo mostrou coisa boa.

  2. O Marco Aurelio é sábio! O SP já perdeu muito dinheiro por seguir uma torcida desentendida e perseguidora. Não foi só o Casemiro,não: quem não lembra do Kaká, do Jadson e por aí…

  3. Dênis salvou pelo menos 6 jogos ja. Parem de pegar no pé dele que ta ficando feio ja.
    Sobre o Lucão, deveriam ter emprestado faz tempo. Muito mal gerido pelo São Paulo. Precisamos de diretores inteligentes, só tem morto-vivo na diretoria.

  4. Outro que precisa ser preservado, a meu ver, é João Schmidt, mesmo ritmo do Casemiro, lento, mas inteligente e com bom passe, basta melhorar o posicionamento.

  5. Quanto ao lance que originou o gol do Corinthians, no meu entender o Denis foi o maior culpado, quem jogou futebol e foi goleiro sabe muito bem que nessa hora o goleiro tem que gritar só uma palavra deixa que é minha.
    Vou citar só mais uma falha do Denis, gol de empate do River na Argentina, saiu socando a bola na cabeça do Tiago Mendes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*