Diego Souza reage ao elogio de Aguirre: “A equipe jogou bem”

Diego Souza voltou ao time titular do São Paulo no empate por 1 a 1 com o Fluminense, no último domingo, no Maracanã. Posicionado como centroavante, o camisa 9 não marcou gols nem deu assistências, mas foi elogiado pelo técnico Diego Aguirre após a partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

O atleta não era titular desde o dia 17 de março, quando o Tricolor perdeu por 1 a 0 para o São Caetano, no Anacleto Campanella, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Desde então, nas oito partidas seguintes, foi reserva ou nem sequer relacionado. Caso do duelo com o Ceará, no último final de semana, quando ele quase trocou o São Paulo pelo Vasco.

“Diego Souza fez um bom jogo. Fazia um tempo que não jogava e mostrou que pode ajudar muito”, afirmou o treinador uruguaio, em entrevista coletiva.

Durante a conversa com os jornalistas, Aguirre também projetou uma sequência para o trio ofensivo formado por Nenê, Everton e Diego Souza, titulares no Rio de Janeiro. “São três jogadores que, pela primeira vez, atuaram juntos. Mas ajudaram muito e trabalharam bastante. Não é fácil arrumar um time rápido. Mas seguramente, com uma continuidade, terão mais conexão”, assegurou.

Quem também se mostrou contente com o retorno de Diego Souza à equipe foi o centroavante e concorrente Tréllez, que o substituiu aos 34 minutos da etapa final.

“É muito bom ter um jogador com o Diego. Dentro ou fora de campo, ele é muito importante. Ficou muito tempo sem jogar e foi bem hoje. Não fez o gol, mas fez uma boa partida ajudando a gente. Estou contente porque ele voltou a jogar. Está ajudando a gente, precisamos de todos agora”, afirmou o colombiano.

Analisando a sua própria atuação, Diego Souza se mostrou satisfeito. De acordo com dados do Footstats, o camisa 9 deu seis passes certos, outros seis errados, finalizou uma vez em direção ao gol e ainda falhou num cruzamento.

“Corri bem, procurei ajudar da melhor maneira possível. Infelizmente não conseguimos a vitória, mas a equipe jogou bem”, avaliou o atleta de 32 anos, imaginando uma sequência no time titular. “Tenho a confiança dos meus companheiros e do treinador. A gente adaptou algumas situações, mas está tudo dentro dos conformes e daqui para frente vamos todos em busca de bons resultados”, projetou.

Com o resultado, o São Paulo segue na parte intermediária da tabela, no sexto lugar, com cinco pontos ganhos, apenas dois a menos que o líder Flamengo. O próximo compromisso é o duelo com o Atlético-MG, no sábado (5), às 19 horas (de Brasília), no Morumbi, pela quarta rodada do Brasileirão.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*