Cueva entra na mira de Dorival e pode perder espaço no São Paulo

Cueva começou a temporada como o principal nome do São Paulo de Rogério Ceni. A torcida chegou a falar em Cuevadependência, por conta da queda de rendimento da equipe quando o peruano se lesionou, em março. Porém, sem reencontrar a sua melhor forma, o camisa 10 pode perder espaço no Tricolor de Dorival Júnior. Já no clássico deste domingo, contra o Palmeiras, ele pouco produziu e foi substituído por Lucas Fernandes.

“Ele pode jogar muito mais, é natural, todos nós sabemos disso. E ele tem de buscar, tem de voltar a ter a mesma condição que já apresentou dentro do São Paulo”, avaliou Dorival, que com a pausa no Brasileirão, vai ter duas semanas para preparar a equipe e tentar recuperar o meia peruano.

“É natural que você sempre confie que no jogo seguinte isso possa acontecer. E eu espero que ele realmente intensifique ainda mais, trabalhe mais para que volte a ter o espaço que sempre teve”, completou Dorival.

Enquanto o treinador admite a queda de rendimento do camisa 10, ele vê uma evolução de Lucas Fernandes. O jovem, de 19 anos, é considerado uma das principais apostas do clube e frenquentemente recebe elogios do comandante.

Irritação
A postura de Cueva dentro de campo também já gerou críticas de dirigentes do clube. Não foram raros os casos em que diretores e conselheiros questionaram o jogador e o seu comprometimento com a equipe. Depois de se recuperar da lesão muscular no primeiro semestre, ele também teve dificuldade para entrar em forma e chegou a atuar acima do peso.

Até mesmo companheiros de time já perderam a paciência com o peruano em alguns momentos das partidas. No clássico deste domingo, por exemplo, no segundo tempo, ele tentou sair jogando de calcanhar de maneira displicente e deu o contragolpe para o adversário. Tal jogada provocou a bronca de Rodrigo Caio.

 

Fonte: Uol

16 comentários em “Cueva entra na mira de Dorival e pode perder espaço no São Paulo

  1. Waldir Albieri: não acho nossos jogadores tão ruins assim; pelo contrário, acho que temos bons jogadores e nós mesmo já elogiamos muitos aqui pelo que mostraram em algum momento no time ou quando jogavam em concorrentes. Bons jogadores – não craques, vivem de momentos. Se o time está bem, esses bons jogadores aparecem e parecem ser melhores do que realmente são. Ao contrário, quando o time está mal, como está o S.Paulo hoje, todos parecem ser muito piores que realmente são. Assim é que o Renan, que em muitos jogos salvou o S.Paulo, de-repente já não serve. O Jucilei, pra quem a torcida cantava até recentemente, já não é jogador pro S.Paulo. Até o Prato é questionado (não que seja um craque, mas um ótimo goleador). O Cueva é um caso a parte e precisa de um certo “estudo” para chegar a um veredito definitivo. Temos Petrus, Hernanes, Rodrigo Caio (que não é isso tudo mas é melhor que a maioria dos zagueiros que jogam no Brasil). Enfim, dá pra defender pelo menos uns 8 titulares do time.
    O que está acontecendo é emocional e por isso defendo um sistema de jogo com maior segurança. Assim como o Dorival Junior só consegue ser bom técnico treinando o peixe, parece que no S.Paulo o 3x5x2 é que é o sistema que faz o time jogar (fomos tri-campeões neste sistema). Com maior segurança, com a última linha de 5 jogadores defendendo, quem sabe o time vai ter a segurança para não tomar tantos gols e, com treinamento e boa vontade dos jogadores, coisa que não parece faltar, começar a somar os pontos necessários para deixar a zona de rebaixamento.
    Abraços!

  2. Amigo Paulo RP… a sua teoria tem fundamento. Contudo, na prática ele vai se desmanchar como a espuma que o arbitro usa para marcar a barreira. Nossos jogadores são um monte de bosta. E dessa montanha de estrume, eu removo somente o Hernanes e o Pratto. O restante, se moído, nem massa suficiente para compostagem vai dar.

  3. Albieri
    Cueva mostrou sua face… um “mierda” peruano, sem fibra, sem dignidade. Um lixo… Se tivesse gente séria na Diretoria, ele teria sido afastado, da mesma forma que o Palmeiras fez com aquele bosta do Felipe Mello, que pôs a boa no trombone. Ah.. e leva junto essa invenção de goleiro do Audax, o tal de Sidão.

    Tambem o durival e o bom moco ai talvez haja chance,
    trenero o de casa. Pronto, ou chamem alguem do site KKKKK

  4. Vou dar uma chance ao Dorival e montar o time pra ele sair da zona de rebaixamento!
    Renan. Arboleda, Jucilei e Rodrigo Caio.
    Marcinho, Petrus Hernanes, Cueva e Jr.Tavares.
    Marcos Guilherme (ou Brener ou Gilberto…) e Prato.
    Com a bola nos pés, formação de dois triângulos pelas laterais do campo.
    Por um lado Marcinho, Marcos Guilherme e Petrus; por outro Hernanes Cueva e Jr Tavares. Sem a bola, Marcinho e Jr Tavares formarão uma linha de cinco defensores com Petrus, Hernanes e Cueva à frente da defesa e os atacantes próximos entre si para pegar as bolas isoladas ou lançadas pelos defensores, quando não der para sair tocando de pé em pé com velocidade.
    Taí: a receita de bolo para tirar o tricolor desse marasmo e começar a ganhar os jogos. Não vai lhe custar nada, Dorival; apenas treinar o time nestas duas semanas para saberem como fazer (se for necessário posso dar umas dicas…)

  5. Nessa posição, aberto na ponta, ele não vai jogar nada mesmo. Não tem perna para ir e voltar na lateral. Teria que jogar no meio ou sair do time. Como Hernanes está no meio…
    Minha ideia é jogar com três zagueiros, com Hernanes de volante, posição em que ele mais brilhou no SP. Aí Cueva teria mais liberdade, na função que lá no passado foi do Danilo.
    No 4-2-3-1, como ontem, as deficiências ficaram escancaradas. Cueva, Buffarini e Jucilei não têm velocidade. Não dá mais para jogar daquele jeito.

  6. Eu trocaria mais deixaria o time assim.. Recuava o Jucilei pra ajudar a zaga adiantava Hernanes e Lucas Fernandes. E Thomaz ou Brenner ajudariam e muito no contra ataque.

    Brenner ou Thomaz – Pratto – Marcos Guilherme

    Hernanes – Lucas Fernandes

    Jucilei

    Edimar – Arboleda – R. Caio – Bruno ou Buffarini

  7. Muitos jogadores estao nessa situacao do Cueva, Rodrigo Caio e etc, tem que chamar a atencao deles e ver o que esta ocorrendo, se tem alguma coisa incomodando tipo, salario atrasado, algum problema familiar, muscular pq senao tiver nada, é banco sem dó e quando tiver amor pelo clube volta, pq sao paulo nao pode ficar refem desses jogadores queremos jogadores pelo menos comprometidos em tirar o sao paulo dessa situacao, que corram que mostrem irritacao pelo mal momento que seja sincero se nao tiver bem que peça para sair, pq a continuar assim 2018 estaremos disputando a 2a divisao e sem dó e se dependermos de adversarios vao nos empurrar para 2a e depende de nos fazermos nossa parte pelo menos.
    E tem outra seu Dorival e comissao tecnica deveria chamar um por um desses come e dorme individualmente e por as cartas na mesa se mesmo assim depois nao render ou vai para o banco ou pede para ser vendido ou trocado.

  8. Pode perder espaço???? Ja deveria ter perdido faz tempo. Um lixo em campo, se acha craque, mas não joga bosta nenhuma. Pode colocar qualquer um no lugar dele que pelo menos vai correr e dar combate ao adversário.

  9. Cueva mostrou sua face… um “mierda” peruano, sem fibra, sem dignidade. Um lixo… Se tivesse gente séria na Diretoria, ele teria sido afastado, da mesma forma que o Palmeiras fez com aquele bosta do Felipe Mello, que pôs a boa no trombone. Ah.. e leva junto essa invenção de goleiro do Audax, o tal de Sidão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*