Cueva em clássico + Pratto no Morumbi: reedição da dupla anima o São Paulo

A possível volta de Cueva na primeira semifinal do Campeonato Paulista contra o Corinthians, às 19h (de Brasília) deste domingo, no Morumbi, reacende o espírito do são-paulino por diversas razões.

Uma delas: desde que foi contratado, o peruano fez gols em todos os clássicos em que foi titular. Foram três – dois sobre o próprio Corinthians, no ano passado, e um diante do Santos, já em 2017. Outra é devolver o melhor rendimento a Lucas Pratto, parceiro com quem mostrou ótimo entendimento nos minutos em que estiveram juntos em campo.

Cueva e Pratto podem voltar a atuar juntos depois de sete jogos (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

O argentino sofreu o abalo de marcar um gol contra que abriu caminho para o Cruzeiro vencer o São Paulo na última quinta-feira, pela Copa do Brasil. Um reforço irônico de uma estatística curiosa: todos os gols de Pratto por sua nova equipe foram marcados de cabeça, e no Morumbi. Até o contra…

Com Cueva para ajudá-lo, crescem as chances de o centroavante voltar a marcar a favor. Sua estatística em casa é ótima. Em seis jogos, fez cinco gols . Apesar da atuação ruim diante dos mineiros e da concorrência de Gilberto, artilheiro do Paulistão com 10 gols, Pratto deverá ser titular novamente neste domingo. Já o meia pode começar jogando ou entrar durante a partida. Os dois não atuam juntos desde o empate por 1 a 1 com o Ituano, no dia 18 de março. Desde então, foram sete jogos (três vitórias, três empates e uma derrota).

 O desempenho de Cueva em clássicos é especial. O primeiro dele foi justamente contra o Corinthians, em Itaquera. No Brasileirão do ano passado, ele sofreu pênalti e converteu. No Majestoso do segundo turno, então, só não fez chover. Voltou a marcar de pênalti contra Cássio, com direito a cavadinha, e deu três assistências para Chavez, David Neres e Luiz Araújo completarem a goleada por 4 a 0 no Morumbi.

O terceiro clássico em que o peruano foi titular ocorreu na terceira rodada do Paulistão deste ano. Na Vila Belmiro, mais um gol de pênalti e uma assistência para Luiz Araújo, nos 3×1 sobre o Santos.

Um dos problemas do São Paulo tem sido justamente a ausência de seu principal jogador diante dos rivais estaduais. No ano passado, Cueva ainda não havia se apresentado quando a equipe enfrentou Palmeiras e Santos no primeiro turno do Brasileirão. Na segunda parte do campeonato, os dois clássicos foram disputados um dia depois do término de períodos Fifa, em que Cueva voltou da seleção peruana sem tempo de treinar e longe das condições físicas ideias.

Contra o Palmeiras ele foi relacionado, mas nem entrou em campo. Já no San-São, ficou no banco, substituiu Wesley aos 10 minutos do segundo tempo e criou a melhor chance da equipe, mas Chavez desperdiçou e o Tricolor foi derrotado por 1 a 0.

Em 2017, Rogério Ceni não teve Cueva contra Palmeiras, por conta de um incômodo na coxa – que se transformaria em lesão durante seu período na seleção peruana – nem Corinthians, jogo realizado durante a data Fifa.

Se Cueva voltar, o favorito a deixar a equipe é Wellington Nem, que ainda não fez gols. Gols são justamente o principal objetivo do São Paulo depois de passar em branco contra o Cruzeiro e, pior, sem ter tido grandes oportunidades. A volta de Cueva, soberano em clássicos, para atuar ao lado de Pratto, de ótimo aproveitamento no Morumbi, é o trunfo do técnico na semifinal do Paulistão.

Veja as informações do clássico de ida das semifinais do Paulistão:

Local: Morumbi, São Paulo
Data e horário: domingo, às 19h (de Brasília)
Provável São Paulo: Renan Ribeiro; Araruna, Maicon, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Wellington Nem (Cueva), Lucas Pratto e Luiz Araújo
Desfalques do São Paulo: Sidão, Buffarini, Bruno, Lucas Fernandes e Chavez
Pendurados do São Paulo: Lugano, Breno e Cícero
Provável Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Desfalque do Corinthians: Giovanni Augusto
Pendurados do Corinthians: Fagner, Jô e Gabriel
Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira, com Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa
Transmissão: Premiere, Premiere HD e PFCI (com Milton Leite e Luiz Ademar)

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Cueva em clássico + Pratto no Morumbi: reedição da dupla anima o São Paulo

  1. Patetico esse time ta loco ,tenho dó de quem vai ao Morumbi ver esses sangue de baratas ,ainda por cima dirigido por um aprendiz de tecnico , diretoria mediocre faz parte da era juvenal esse Leco ridiculo, vendeu o Neres correndo nao podem ver $$$$ esses puto agora ficamos passando vergonha com esse time sem vergonha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*