Cuca vai ao CT do São Paulo e conversa com diretoria e Mancini

O CT da Barra Funda recebeu a visita de Cuca na tarde desta quarta-feira. O técnico se reuniu com dirigentes do São Paulo, mas não apareceu para a imprensa durante a parte aberta do treino dirigido pelo coordenador Vagner Mancini, com quem também conversou.

Na reunião, Cuca trocou informações com o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, o diretor-executivo de futebol Raí, e o gerente Alexandre Pássaro. No momento, o Tricolor tenta reduzir sua folha salarial e buscar reforços de menor investimento a fim de mudar o perfil do elenco. A ideia é montar um time mais jovem e veloz.

Diego Souza, por exemplo, foi emprestado ao Botafogo com a condição de o clube carioca bancar os vencimentos do atacante de maneira integral. O São Paulo também não descarta negociar Nenê, alvo do Fluminense desde o começo de 2019.

Nomes como Tchê Tchê, Roger Guedes e Keno, que trabalharam com Cuca no Palmeiras, foram pedidos. Mas as conversas com Dínamo de Kiev-UCR, Shandong Luneng-CHN e Pyramids-EGI, que não topam emprestá-los, não evoluíram.

Com o orçamento prejudicado pela precoce eliminação na Copa Liberadores, o Tricolor busca jogadores no mercado que possam ser emprestados ou envolvidos em trocas. O atacante Marquinhos Calazans, do Fluminense, interessa.

Cuca e Vagner Mancini trocam ideias sobre o elenco semanalmente. O técnico contratado para o lugar de André Jardine, afastado há quase um mês, assumirá o time de vez após o Campeonato Paulista – ele termina um tratamento cardiológico em Curitiba.

Enquanto o São Paulo busca remodelar seu elenco, o time se prepara para o clássico com o Palmeiras, neste sábado, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. A duas rodadas do fim da primeira fase, o Tricolor divide a liderança do Grupo D com o Ituano, com 14 pontos, dois a mais que o Oeste.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

4 comentários em “Cuca vai ao CT do São Paulo e conversa com diretoria e Mancini

  1. tem jogadores bons no bragantino, RB Brasil, ponte preta, Ituano, Mirassol, é só saber olhar direitinho
    cadê a diretoria que não vê esses caras, o roger Guedes, the the, keno
    os caras tbm ganham bem..
    no mínimo uns 400 mil por mês
    ja que fez a lambança de errar no planejamento, agora deixa o cuca trabalha, faz as contratações que ele quer, porque ele vai dar jeito no time
    vai acertar o vestiário, se o leco, com a diretoria não atrapalhar né

  2. Só eu (como se eu fosse o único né!) Que vejo um contradição enorme quando falam em reduzir a folha e contratar Roger Guedes, tchê tchê, keno? Se é para gastar pouco, cadê a equipe de estática para buscar alguém do campeonato gaúcho, mineiro, goiano, enfim, da onde for, que seja barato e de resultados? Podem falar o que for, mas departamento, sei lá o que, de estática é muito fraco. Não sei quem é o chefe deles mas não há nenhum jogador proposto que foi contratado com base estática! Parece que o pessoal não conhece Money Ball!!!

    • No caso é reduzir a folha salarial para permitir essas contratações.

      Vamos supor que a folha salarial do SP seja 5 milhões por mês, então precisam cortar jogadores para que quando cheguem os novos a folha continua em 5 milhões

      Fica claro agora?

      • Drrrrrrr e os que vem vão ganhar pouco..? Ata vai subir do msm jeito e além do mais precisamos de um elenco grande pq olha o banco do sp é umas carniça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.