Cuca testa Jucilei na vaga de Liziero e Everton Felipe como “falso 9”

O São Paulo segue firme com sua preparação para o jogo decisivo do próximo domingo, contra o Corinthians, em Itaquera, que vale o título do Campeonato Paulista. Nesta quinta-feira, o clube fechou o treinamento à imprensa, porém, a reportagem da Gazeta Esportiva apurou que o técnico Cuca testou Jucilei na vaga de Liziero e Everton Felipe como “falso 9” na vaga do atacante Pablo, submetido a um procedimento cirúrgico para a retirada de um cisto na região lombar

Hernanes iniciou a semana como o principal candidato para substituir Liziero na decisão contra o Corinthians, porém, o próprio Profeta admitiu em entrevista na última quarta-feira que ainda não está 100%. Desta forma, Jucilei desponta como uma possibilidade plausível para o duelo em Itaquera, apesar de não entrar em campo desde o jogo de volta das quartas de final do Paulistão contra o Ituano.

Além de Jucilei, Everton Felipe também pintou como novidade. Depois de Carneiro ter tido uma atuação discreta no empate sem gols com o Corinthians no Morumbi, o técnico Cuca parece ter preferido a formação ofensiva da partida de volta contra o Palmeiras, no Allianz Parque, e pode repeti-la em Itaquera.

Desta forma, o time que poderia começar a decisão do Paulista seria composto por Tiago Volpi; Hudson, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Jucilei e Igor Gomes; Antony, Everton Felipe e Everton.

Posteriormente, Jucilei foi recuado para a função de zagueiro, formando uma primeira linha de cinco defensores ao lado de Reinaldo, Bruno Alves, Arboleda e Igor Vinícius na lateral-direita, com Hudson sendo deslocado para formar a dupla de volantes com Luan. Nesta formação, mais conservadora, Igor Gomes acabou saindo da equipe.

Outra possibilidade testada foi a entrada de Nenê e Hernanes nas vagas de Everton Felipe e Everton, formando um quarteto de meio-campo com Hudson e Luan. Neste esquema, Antony seria a única referência de ataque do São Paulo, que continuaria contando com a linha de cinco defensores (Reinaldo, Bruno Alves, Arboleda, Jucilei e Igor Vinícius).

O São Paulo volta a trabalhar na tarde desta sexta-feira, em atividade que a imprensa poderá acompanhar somente os primeiros 15 minutos. Um pouco antes, o técnico Cuca concede entrevista coletiva no CT da Barra Funda.

Corinthians e São Paulo se enfrentam no próximo domingo, às 16h (de Brasília), em Itaquera. Após empate sem gols no jogo de ida, ambos precisam de uma simples vitória para garantirem o título. Em caso de uma nova igualdade no marcador, a decisão vai para os pênaltis.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

7 comentários em “Cuca testa Jucilei na vaga de Liziero e Everton Felipe como “falso 9”

  1. O Cuca vai quebrar a cara apostando no Everton Felipe.
    Está certo que o Brenner não justificou, até agora, sua fama de pretendente a craque; entretanto, ele não pode ser pior que esse Everton Felipe e tem muito mais experiência de jogar centralizado como atacante. Aliás, de que me lembro, ele, Brener, só jogou um único tempo como centroavante em um jogo em que ficou isolado no meio de três defensores e sem chegar nenhuma bola em boas condições para ele. Outra coisa: parece que o garoto tem estrela de marcar contra o curintia, já foram dois nos profissionais. Isto também deveria contar para o Cuca escolhê-lo ao invez de inventar com o E Felipe, que também não mostrou nada até agora e nem gol marcou (que me lembre).
    Eu entraria com 3 zagueiros; 5 no meio campo e com o Brener e Antony como atacantes. Acho que com este esquema e os dois garotos rápidos na frente, o S.Paulo teria uma boa chance de sair campeão em Itaquera!!!

  2. Não acredito que o Cuca quer testar,numa partida que vale o título o Jucilei e o Éverton Felipe se escalados podem dar adeus ao título….isso é momento para testar algo ou alguém??

  3. O Brenner está atrás do Helinho como candidato a vaga… não lembro do Benner ter atuado um jogo inteiro desde que o Mancini assumiu…mas, boa sorte a quem o Cuca optar por escalar.
    Pra cima deles Tricolor !!!

  4. Boa noite tricolores,
    Creio ser necessário uma pegada maior no meio campo e para isso eu escalaria:
    Volpi, Hudson, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Jucilei, Hernanés e Igor Gomes; Antôny e Brenner.

  5. Minha escalacao seria no 4- 1-4-1 com Volpi Hudson Arboleda B.Alves Reinaldo linha de defesa de volante o menino Luan armando pelo meio Igor Gomes e Hernanes pelas pontas Ewerton e Antony e jogando como um falso 9 o Nene um time com posse de bola e velocidade e com dois jogadores que chutam de longe !

  6. Everton Felipe é um “falso 9”, “falso 7”, “falso 8”, “falso 10” e “falso 11”. Ele NÃO JOGA em todas as posições de meio e ataque. Não chuta, não cabeceia, não arma e só dribla para fora. Não entendo a insistência em escalá-lo.

    Com Jucilei de volante o meio vai ficar recuado demais e com saída lenta. É uma opção válida se quisermos segurar o empate para decidir nos pênaltis (não acredito nisso).

    Hudson está bem na lateral direita. Melhor não mudar. Manter a base do time do primeiro jogo, substituindo Carneiro e Everton Felipe por Nenê (ou Hernanes) e Brenner seria a melhor alternativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.