Cuca não consegue repetir escalação após cinco meses no São Paulo

Cinco meses após sua contratação, o técnico Cuca mostra que ainda tem muitas dúvidas em relação ao time ideal do São Paulo. Em 15 jogos à frente do time tricolor, o comandante não repetiu nem uma vez sequer a escalação entre uma partida e outra.

Mas, além das dúvidas, há outros fatores que vêm impedindo Cuca de dar sequência à uma formação específica. As recorrentes lesões no elenco e as suspensões por cartão têm impossibilitado o treinador de repetir a equipe e buscar um padrão de jogo.

Para se ter uma ideia das dificuldades, o São Paulo soma 27 lesões na temporada 2019, distribuídas entre 20 jogadores, sendo que alguns deles já não fazem parte do elenco, casos de Diego Souza, Jucilei, Bruno Peres, Nenê, Biro Biro, Araruna, Brenner e Gonzalo Carneiro.

No próximo compromisso, por exemplo, Cuca não poderá contar com Pablo, que sofreu uma lesão ligamentar no tornozelo direito durante o clássico contra o Palmeiras, no último sábado, no Morumbi. Raniel entrará na vaga do camisa 9 contra a Chapecoense, na segunda-feira, no Morumbi.

Em relação à parte disciplinar, a equipe atuou desfalcada por causa de suspensões em cinco dos dez jogos que já disputou no Campeonato Brasileiro. Igor Vinícius, expulso duas vezes, Jonas Toró, Anderson Martins e Tchê Tchê foram punidos na competição.

Sem vencer há oito jogos no ano, sendo seis pelo Brasileirão, o São Paulo tenta acabar com o jejum de vitórias contra a Chape, diante de seu torcedor. O time de Cuca ocupa a nona colocação do torneio nacional, com 15 pontos, 11 a menos que o líder Palmeiras.

Veja as mudanças que Cuca fez ao longo dos 15 jogos pelo São Paulo:

07/04: São Paulo 0 (5) x 0 (4) Palmeiras (Arboleda entrou no lugar de Anderson Martins)
14/04: São Paulo 0 x 0 Corinthians (Carneiro entrou no lugar de Liziero)
21/04: SãoPaulo 1 x 2 Corinthians (Jucilei entrou no lugar de Carneiro)
27/04: São Paulo 2 x 0 Botafogo (I. Vinícius, Tchê Tchê e Pato entraram nos lugares de Jucilei, Luan e Everton Felipe)
01/05: São Paulo 2 x 1 Goiás (Toró entrou no lugar de Igor Gomes)
05/05: São Paulo 1 x 1 Flamengo (Walce, A. Martins e Liziero entraram nos lugares de I. Vinícius, Arboleda e Everton)
12/05: São Paulo 1 x 0 Fortaleza (I. Vinícius e Everton entraram nos lugares de A. Martins e Pato)
19/05: São Paulo 0 x 0 Bahia (Hernanes e Pato entraram nos lugares de I. Vinícius e Everton)
22/05: São Paulo 0 x 1 Bahia (I. Vinícius, Léo, Luan, I. Gomes e Everton entraram nos lugares de Hudson, Reinaldo, Liziero, Hernanes e Antony)
26/05: São Paulo 0 x 1 Corinthians (Arboleda, Reinaldo, Hudson, V. Bueno e Antony entraram nos lugares de Walce, Léo, Luan, I. Gomes e Toró)
29/05: São Paulo 0 x 1 Bahia (Hernanes, Toró e Helinho entraram nos lugares de V. Bueno, Antony e Pato)
02/06: São Paulo 1 x 1 Cruzeiro (A. Martins, Luan, V. Bueno e Pato entraram nos lugares de Arboleda, I. Vinícius, Everton e Helinho)
08/06: São Paulo 0 x 0 Avaí: (Everton entrou no lugar de Hernanes)
13/06: São Paulo 1 x 1 Atlético-MG (I. Vinícius, Hernanes e M. Calazans entraram nos lugares de Tchê Tchê, V. Bueno e Everton)
13/07: São Paulo 1 x 1 Palmeiras (Arboleda, Tchê Tchê, Antony e Pablo entraram nos lugares de A. Martins, I. Vinícius, Toró e M. Calazans)

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.