Cuca aprova descanso de Daniel Alves na Seleção e avalia volta de quarteto

O técnico Cuca, do São Paulo, comemorou o descanso de Daniel Alves na derrota da Seleção para o Peru, por 1 a 0, em amistoso na última terça-feira à noite, em Los Angeles. Titular contra a Colômbia, o lateral ficou no banco o tempo inteiro e é esperado de volta ao Tricolor nesta quinta-feira. O comandante conta com ele para enfrentar o CSA, domingo, às 19h, no Morumbi.

– É melhor para nós que não tenha jogado, porque é um desgaste a menos. Vai chegar numa condição boa para a gente poder aproveitar – disse Cuca, nesta quarta-feira, no CT da Barra Funda.

Questionado sobre se pensava em usar Daniel Alves como lateral-direito, Cuca despistou:

– Vamos treinar. Não vou expor as minhas ideias. Vou colocar em campo primeiro.

Cuca vai avaliar nos próximos dias as situações de Pato, Pablo, Hernanes e Toró, quarteto em recuperação de lesão. Eles treinaram normalmente nos últimos dias, mas o técnico não confirmou o retorno dos quatro ao mesmo tempo.

– Eles já estão treinando normalmente: Pato, Hernanes, Pablo, Toró. Agora, é uma questão de readaptá-los, dar a melhor condição para a gente escolher. O ritmo vem com as partidas. Vamos ver como a gente vai fazer com esse jogo, escolher as melhores opções pensando na parte técnica e física também – disse Cuca.

O treinador também comentou sobre os três jogos sem fazer gols e os desfalques por lesão. Diante do Internacional, o São Paulo teve nove baixas, sendo cinco no departamento médico e quatro nas seleções principal e olímpica (Antony, Daniel Alves, Igor Gomes e Walce).

Antony se reapresentou na terça-feira e nesta quarta-feira trabalhou no Reffis na parte da manhã. A previsão é de que ele treine com o grupo pela tarde. Walce, por sua vez, está integrado aos treinos do elenco desde terça-feira.

– Você pode até perder jogadores. O anormal é perder todos do setor. Estamos há três jogos sem fazer todos, mas perdemos os jogadores mais habituados a fazer gols. O Pablo faz, o Pato faz, o Toró faz gol. Perdemos o Hernanes, que também é um finalizador. São jogadores importantes. É difícil contar com os quatro com o calor que vai estar no domingo. Temos que pensar com calma para não correr risco de lesão e dar uma embalada.

Diante do CSA, Cuca não terá Hudson e Igor Vinicius, suspensos. O Tricolor tem 31 pontos, oito atrás do líder Flamengo, e está na quinta posição.

A possível escalação do time é a seguinte: Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Tchê Tchê, Liziero e Daniel Alves; Antony, Everton (Alexandre Pato) e Pablo.

“Não sou ultrapassado”

Uma declaração do técnico Jorge Jesus, do Flamengo, sobre os treinadores brasileiros terem sido ultrapassados repercutiu no São Paulo.

Segundo o jornal “O Globo”, a frase do português foi dita em uma entrevista à revista francesa “So Foot”, no ano passado, quando ele estava no Al-Hilal, da Arábia Saudita, e publicada agora. O jornal reproduziu a declaração abaixo:

– O treinador brasileiro já foi um pouco ultrapassado em tudo que diz respeito ao treinamento. Você acha que isso acontece por quê? Porque sempre tiveram grandes jogadores e esses resolvem os problemas táticos sozinhos. Os treinadores não foram obrigados a pensar e criar ideias coletivas. E acabaram sendo ultrapassados. Agora está começando a mudar. Eles querem todos vir para a Europa para entender nossa metodologia de treinamento. Mas os brasileiros continuam a jogar na rua, e é na rua que a gente cria os talentos – disse Jorge Jesus, na ocasião.

Questionado sobre o assunto nesta quarta-feira no São Paulo, o técnico Cuca deu sua opinião em uma longa resposta:

– As coisas têm que ser divididas. Seria muito fácil eu vir aqui e rebater o que ele falou. Essa entrevista foi na Arábia, no ano passado. Tem muita gente pensando que ele está no Brasil falando mal do técnico brasileiro. Ele estava no Al-Hilal falando para uma TV ou um jornal francês, que divulgou agora. Acho que essa pergunta que você me faz poderia ser feita para o Jorge Jesus, agora que ele tem um conhecimento maior do futebol brasileiro e dos treinadores, ainda que não tenha enfrentado todos. Ele vai poder dizer se teve alguma dificuldade com algum time ou se os treinadores estão ultrapassados – disse Cuca.

– Acho que ele é um cara que tem ética profissional, tem respeito, foi muito bem recebido no Brasil por todos nós. Teve um curso na CBF, o (Vagner) Mancini me dizia agora, e todos os 20 que estavam lá o receberam de forma maravilhosa. Acho muito raro que ele venha falar isso hoje. O sentimento dele hoje não seria esse. Tem muito a se evoluir, mas não me sinto de forma alguma ultrapassado. Sigo tudo que é jogo, tudo que é treinamento. Se comparar com os de fora, você não vê diferença. Hoje é tudo online, tudo integrado. O que muda são as estratégias. O Jorge Jesus tem, por mérito dele e por muito mérito do Flamengo, um baita time. Os 11 que jogam são nível de seleção. Foi montada uma estrutura maravilhosa dentro de um orçamento, e isso tem que se tirar o chapéu não só ao treinador, mas ao que o Flamengo fez. O campeonato é longo. Tem muita coisa para queimar –completou Cuca.

Com o São Paulo oito pontos atrás do líder Flamengo no Brasileirão (39 a 31), Cuca também foi questionado sobre se o Tricolor é capaz de bater de frente com o Rubro-Negro. No confronto direto entre os times no primeiro turno, empatado por 1 a 1 no Morumbi, o Flamengo jogou com um time reserva.

– Não é bater de frente com o Flamengo. O que a gente quer é uma regularidade, que a gente teve um tempo atrás e perdeu agora em três jogos. Não temos tantos jogadores em nível de seleção, mas tenho confiança em fazer um grande segundo turno e dar uma arrancada. Nosso time é bom também.

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “Cuca aprova descanso de Daniel Alves na Seleção e avalia volta de quarteto

  1. Vejo muito se falar em reservas do Inter e ou do Grêmio. O que eu pergunto é se o São Paulo jogou com os titulares? Se não jogaram 6 ou 7 titulares, é óbvio que também jogou com os reservas. Tantas lesões e tanto tempo para recuperar, que o torcedor esquece de tal fato

  2. É ultrapassado sim. Jogar contra os reservas do inter com Hudson e liziero como volantes, qdo deveria ser liziero/luan e Igor Gomes que não deveria ter sido liberado. Resultado estamos 8 pontos atrás do líder. Agora tem que encaixar vitória atrás de vitória pra se reaproximar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.