Cruzeiro pensa em nomes e quer seis jogadores do São Paulo por Montillo

Nas conversas preliminares com o São Paulo em torno da negociação pelo argentino Walter Montillo, o Cruzeiro predefiniu seis nomes que interessam ao clube caso a venda seja sacramentada. Os atletas que interessam à Raposa não são titulares no Morumbi, e podem sair no fim do ano.

Na relação imaginada pelos mineiros, além dos cerca de R$ 10 milhões, os paulistas poderiam ceder em negociação definitiva o lateral-esquerdo Juan, e os meias Maicon e Cícero. Além deles, um zagueiro será pedido. O mais cotado é João Filipe. Por empréstimo, o volante Casemiro e o atacante Henrique.

Dos nomes apontados pela Raposa em uma provável transação, apenas Maicon deve ganhar veto por parte da diretoria do São Paulo. Ele tem sido aproveitado pelo técnico Ney Franco e está nos planos para 2013. Os outros cinco, por sua vez, não tiveram muitas oportunidades ao longo da temporada e dois deles – Juan e Henrique – foram emprestados para Santos e Sport, respectivamente.

Do pacote, apenas Casemiro e Henrique não são agenciados pelo empresário Eduardo Uram. O agente tem bom trânsito tanto no São Paulo como no Cruzeiro.

Em 2010, quando o Cruzeiro contratou Montillo, o agente Eduardo Uram foi acionado pelo clube para concretizar o acerto. Isso porque os mineiros tinham o Vasco como concorrente. Viabilizada economicamente pelo Banco BMG, a transação teve o agente credenciado pela Raposa para os contatos com a Universidad de Chile e com o empresário do argentino.

Uram também conclui, neste momento, a contratação de Aloísio, no São Paulo. No Cruzeiro, Egídio e Diego Souza, reforços para 2013, também são agenciados por ele. Pessoas ligadas a Uram, porém, negam que ele esteja envolvido na atual operação por Montillo.

O futuro de Montillo será definido a partir da próxima semana, no fim do Brasileirão. Até lá, o agente do meia, Sergio Irrigotia, fica fora das negociações que estão sendo tratadas diretamente entre os clubes por meio dos diretores Adalberto Baptista e Alexandre Mattos.

A lista da Raposa

João Filipe
Perdeu espaço completamente após a chegada de Ney Franco no São Paulo. Tem contrato com o clube até o fim de 2016, mas, como não tem sido aproveitado, deve ser negociado no fim do ano, independentemente da negociação com o Cruzeiro por Montillo.

Juan
Voltará do empréstimo ao Santos no início do ano que vem, e não deve ser aproveitado no elenco são-paulino. Tem contrato até o fim de 2013. Está abaixo de Cortez e não agrada à diretoria. Na mesma situação do zagueiro, não fica no clube mesmo se o negócio não sair.

Maicon
Da lista cruzeirense, é o único que deve enfrentar resistência da diretoria para sair. Apesar de não ser titular, é constantemente utilizado pelo técnico Ney Franco, em diversas posições do meio de campo. Ainda tem contrato por mais quatro anos.

Cícero
Está insatisfeito com a reserva e vai se reunir com a diretoria no fim do ano. Está emprestado pela Tombense, de Eduardo Uram, até julho de 2013. Se não fizer parte dos planos, pedirá a liberação imediata. Para ficar, quer renovação do empréstimo.

Casemiro
Recebeu propostas de empréstimo neste segundo semestre, recusadas pela diretoria. Ney Franco o vê longe da briga pela titularidade, mas com potencial. No fim do ano, a diretoria deve aceitar negociá-lo por empréstimo. Tem contrato até agosto de 2016.

Henrique
Tem vínculo com o São Paulo até agosto de 2016. Neste ano, foi emprestado ao Granada (ESP) e ao Sport. No ano que vem, volta ao Morumbi, mas deve ser repassado novamente por empréstimo. Não teria dificuldade para ser liberado.
Fonte: Lance

6 comentários em “Cruzeiro pensa em nomes e quer seis jogadores do São Paulo por Montillo

  1. Acho que ceder jogadores PARA ABATER O VALOR DA TRANSAÇÃO é uma boa idéia. Juan não serve e tem salário muito alto, João Felipe não pode ser titular e se vier o Lugano ele não terá espaço, Cícero vai sair de qualquer forma e o Henrique se torna um problema quando voltar porque com o Aloísio e o Ademílson não vai ter oportunidades. Estes deveriam ser cedidos em definitivo. Casemiro seria interessante prorrogar o contrato dele por mais um ano e emprestar para ser titular no Cruzeiro e quem sabe voltar jogando o que sabe. Maicon acho que é bom para compor o elenco, pode-se negociar o Henrique em definitivo e o Maicon fica.

    • O Montillo joga muita bola. Ganso e Canete ninguém garante que não vão se machucar enquanto o Montillo tem muita regularidade, joga o fino da bola. Se o Cristiano Osvaldo sair, ficaríamos com Jadson, Ganso, Montillo e LF9. eu acho que pode dar certo sem um ponta.

  2. Pura especulação…Mas desta lita só faria sentido ceder Henrique, Juan e João Filipe. Os outros, precisam ser mantidos como opção. A diretoria deve lembrar que o clube vai disputar muitos torneios no próximo ano, algunus simultanemaente. Se não me engano, vai disputar até a Copa do Brasil, que mudou de regra novamente.

    • Você está correto, Humberto. A Copa do Brasil será disputada o ano inteiro, inclusive com a participação dos clubes que estão na Libertadores, que só entram na segunda fase do torneio para não jogar Copa do Brasil e Libertadores concomitantemente.

      • Discordo de tudo.
        Mesmo que não vendo tanta importância em contratar o Montillo (vamos ficar com excesso de meias), acho que está de bom tamanho a exigência do Cruzeiro. A saída que deveria ser mais facilitada, na minha opinião seria a do Maicon, o mais ou menos; não tem futuro como craque; pode até fazer bons jogos, mas não serve para o SP.

        • Concordo, realmente esses jogadores estando ou não na reserva pouco resolvem e acho que é um gasto ineficaz para o clube, e mais, abre possibilidades de testarmos outros jogadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*