Cortez se anima com Ceni, esquema e espírito: ‘Assim é difícil segurar’

Depois de um semestre com altos e baixos vestindo a camisa do São Paulo, Cortez está animado. O esquema tático adotado por Ney Franco, a volta de Rogério Ceni, a assistência para Luis Fabiano na partida contra o Flamengo e o espírito da equipe na última vitória pelo Campeonato Brasileiro o deixaram empolgado. São esses os fatores que deixam o camisa 6 esperançoso de mais um resultado positivo na estreia da Copa Sul-Americana, contra o Bahia, no Pituaçu.

Mais conhecido pela eficiência no apoio do que pela força na marcação, Cortez tem recebido ainda mais liberdade para avançar desde que Ney Franco optou pelo 3-5-2. Mais protegido pela presença de Rhodolfo no setor defensivo, Cortez se soltou e conseguiu a terceira assistência no ano ao dar cruzamento perfeito na cabeça de Luis Fabiano, no jogo contra o Flamengo. Passo importante para voltar a repetir as atuações do início do ano, quando foi apontado como melhor entre os reforços contratados em 2012.

– Esse esquema ajuda muito a mim e ao Douglas, pude ajudar o time na frente e estou trabalhando para voltar a crescer. Estava na hora de ajudar com um passe, um cruzamento – afirmou.

Outro trunfo do São Paulo no restante do ano, na visão do camisa 6, é o retorno de Rogério Ceni. Após o treino desta terça-feira, o lateral comemorou a presença do capitão. Foi a primeira vez que ambos atuaram juntos desde que Cortez foi contratado pelo Tricolor.

O ânimo do jogador é tanto que ele nem admite priorizar uma competição no segundo semestre. Baseado no discurso de Ney Franco, ele pede que a equipe encare a Sul-Americana e o Brasileirão com a mesma seriedade.

– As duas competições são importantes, não temos que priorizar nada. Temos é que fazer um bom jogo, vencer o Bahia e depois o Sport, no domingo, para o time embalar de vez.

No Brasileiro, o São Paulo ocupa a sétima colocação, mas a apenas dois pontos atrás do G4 e a dez do líder Atlético-MG, Cortez já enxerga uma recuperação após o início irregular. Para isso, a receita do lateral-esquerdo é simples: repetir a postura demonstrada na goleada por 4 a 1 sobre o Flamengo.

– Com esse espírito vai ser difícil segurar a gente!

A boa atuação contra o Flamengo rendeu a Cortez um lugar na Seleção da Rodada, com nota 7. O lateral se mostrou muito feliz com a indicação.

– Fico ligado na internet direto e sempre estou de olho na Seleção da Rodada. Queria entrar nela de qualquer jeito. Graças a Deus aconteceu. Acompanho e gosto sempre de estar bem nessas disputas, é uma motivação a mais que encontro para sempre melhorar meu desempenho. Ano passado tive o prazer ser eleito o melhor lateral do Campeonato Brasileiro. Esse ano já fui escolhido o melhor do Paulista. Agora a meta é estar novamente no prêmio da CBF – disse Cortez.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*